Colunas


Coluna Animal Humano

Por Coluna Animal Humano -

Intolerância e radicalismo


(foto: PINTEREST)

Hoje resolvi falar sobre o pensamento da intolerância e do radicalismo. Dos extremismos e extremistas. Pensamentos já historicamente falidos, mas que, como sociedade, insistimos em seguir.  E isso me preocupa.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Já não bastassem os problemas sociais que temos.  Já não bastassem os problemas econômicos, o momento  da pandemia, criamos, constantemente, outras dificuldades para nós mesmos.

Só pensando em um passado próximo. Já passamos por Hitler. Intolerante com outras raças e crenças. Bastava que a pessoa fosse seguidora do judaísmo, ou que não fosse “ariana”, e isso já era motivo para que essa pessoa não merecesse viver. Recentemente li algumas passagens do livro “Mein Kampf”, e fiquei horrorizada. Hitler afirmava que “reconhecia os judeus pelo cheiro”, e que esse cheiro causava sensações indescritíveis.

Precisamos erradicar a intolerância e o extremismo de nossas vidas.

Num passado mais recente, observamos um período de racismo absurdo nos Estados Unidos. Pessoas que não fossem brancas não podiam frequentar restaurantes, não podiam beber da mesma fonte de água. Isso sem contar nos assassinatos e nos crimes baseados pelo racismo. Ainda não aprendemos com essas tragédias.

Quantas outras guerras e atentados baseados em intolerância religiosa conseguiremos aguentar?  Já não vimos e sofremos o suficiente?

Agora, os canhões da intolerância, do extremismo e do radicalismo me parecem apontados para a questão do gênero e da preferência sexual.

Me parece que o pensamento vai na linha de que basta que a pessoa não seja heterossexual, e já temos um problema.

Defesas incoerentes e inconsistentes numa comparação sem sentido entre “preferência sexual” e “estrutura familiar”.  Como se as mesmas fossem relacionadas.

E como se não fosse possível encontrar um religioso com sérios desvios de caráter. É como se fosse impossível atingir uma estrutura familiar equilibrada sem a presença de um homem e de uma mulher.

Algumas pessoas tentam passar a mensagem de que não seria possível encontrar um único político honesto.

O que realmente nos define? O que realmente define um ser humano? No que realmente nos baseamos quando julgamos?

Valores humanos, ética, moral, caráter, honestidade, transparência, verdade, empatia. Essas sim, são condições imprescindíveis para uma boa estrutura humana.

Não podemos rotular ou julgar alguém única e exclusivamente por sua preferência sexual. Julgar é um de nossos maiores erros.

Temos sim conceitos pré-estabelecidos que nos fazem julgar e avaliar... os famosos PRÉ-CONCEITOS. E os usamos muitas vezes de maneira errônea. Temos medo do desconhecido e não sabemos lidar com ele.

Sou fã da estrutura familiar.  Prezo demais. Precisamos dos valores de família. De pertencimento.  Precisamos nos sentir seguros. Precisamos da religiosidade. Precisamos dos bons exemplos. Precisamos, inclusive, resgatar alguns exemplos e bons valores que foram se perdendo com o tempo.

Antes de preparar esse texto, liguei para  dois casais amigos. O primeiro casal tem uma condição invejável. Os dois têm belíssimas profissões, rendas altíssimas, caráter e comportamento exemplares. Os dois são profissionais de sucesso, membros atuantes da comunidade, frequentadores da igreja católica, grandes exemplos para os dois filhos, que são cuidados e protegidos como poucos que conheço.

Esse casal que acabei de descrever é um casal homossexual. Uma união homoafetiva. E  se alguém pensou que eu descrevia um casal heterossexual, consegui  agora demonstrar um pouco do preconceito inerente ao tema.

Queridos amigos, a vida é tão breve que ela tem que ser vivida de verdade. 


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Animal Humano

Cidade que te quero verde

Coluna Animal Humano

A cidade dentro de nós

Coluna Animal Humano

Volta às aulas presenciais

Coluna Animal Humano

A cúpula do clima e nós

Coluna Animal Humano

Lixo - um problema nosso

Coluna Animal Humano

Pra não dizer que não falei de flores - 2

Coluna Animal Humano

A ponte

Coluna Animal Humano

Cenários e pressupostos

Coluna Animal Humano

Qual será o novo futuro – a mudança!

Coluna Animal Humano

As Marias

Coluna Animal Humano

O teto de cada um

Coluna Animal Humano

Para onde vais... quo vadis...

Coluna Animal Humano

Empresário: vamos adiante!

Coluna Animal Humano

Qual a melhor hora para se doar...

Coluna Animal Humano

O ser solidário

Coluna Animal Humano

A constante mudança

Coluna Animal Humano

Dia mundial das crianças vítimas de agressão

Coluna Animal Humano

O que você já deixou de fazer por ser mulher?

Coluna Animal Humano

Amor de bicho

Coluna Animal Humano

Abaixo-assinado pela praça do Correio



Blogs

A bordo do esporte

Esquiva Falcão confirma luta em 28 de agosto e prevê mais um nocaute

Blog do JC

Pegou fogo na casa do povo

Blog Clique Diário

Navios na city

Blog Doutor Multas

Multa do bafômetro: valor em 2021 e como recorrer

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 16/06/2021

Publicado 16/06/2021 20:58


Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯