Matérias | Geral


Joinville

Empresa culpa prefeitura por queda de calçada

Segundo consórcio, placas de concreto que cederam foram colocadas pela prefeitura neste ano, quando contrato de projeto de drenagem já tinha sido rompido

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Placas de concreto seria responsabilidade da prefeitura (Foto: João Batista)

O consórcio Motta Junior Ramos Terraplanagem, responsável pelas obras de macrodrenagem no centro de Joinville, responsabilizou a prefeitura pela queda da calçada sobre a galeria do rio Mathias, que deixou 33 pessoas feridas na segunda.


Em nota, a empresa afirmou que a intervenção para nova calçada foi feita pela prefeitura neste ano, após os contratos do projeto de macrodrenagem do rio Mathias já terem sido rescindidos pelo município, ainda em julho de 2020. Na ocasião do rompimento contratual, a área onde ocorreu o acidente estava isolada com tapumes e tinha avisos de segurança aos pedestres, lembrou a empresa.

Continua depois da publicidade



“Não foi o consórcio  quem instalou tais placas de laje que romperam, não tendo interferido nos serviços executados pelo município de Joinville no local, nem tampouco na sua decisão de liberar a área para acesso da comunidade”, esclareceu.

O consórcio informou que possui documentos e registros do local e que o material está à disposição das autoridades para ajudar na apuração dos fatos. O prefeito de Joinville, Adriano Silva (Novo), disse que “muito provavelmente” a obra de macrodrenagem interferiu na estrutura da galeria que desabou.”

A prefeitura aguarda o andamento das investigações e as perícias técnicas para esclarecer as causas do acidente. Uma auditoria interna foi aberta. O projeto de macrodrenagem, criado contra as cheias no centro, começou em 2014 e teve o contrato rompido no ano passado com a obra inacabada. O caso é alvo de uma ação na justiça.

A queda da calçada em Joinville feriu 33 pessoas, entre 21 adultos e 12 crianças, que assistiam à abertura do evento de Natal em frente à prefeitura. As vítimas sofreram diversos ferimentos ao caírem na água. Bombeiros e policiais tiveram que fazer o resgate com uso de cordas. O acidente aconteceu na calçada sobre a galeria do rio Mathias, no encontro com o rio Cachoeira, onde foram instaladas comportas do sistema contra enchentes, que faz parte do projeto de macrodrenagem.

Continua depois da publicidade



Na quarta-feira, o Ministério Público Federal e o Tribunal de Contas do Estado informaram que querem os resultados das perícias para apurar as responsabilidades. No MPF, os documentos serão juntados em ação civil pública que corre desde 2018 sobre falhas e atrasos no projeto de drenagem.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.89.204.127

TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog da Ale Francoise

Intestino Permeável, você tem?

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯