Matérias | Geral


ITAJAÍ

Prefeitura inicia estudos para implantar o binário da Osvaldo Reis

Será feita avaliação de imóveis que deverão ser desapropriados pra duplicação da capacidade viária do trecho Fazenda/Brava

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Sinaleiras devem ser instaladas em pontos de gargalos no trecho da Praia Brava (foto: João Batista)

A prefeitura de Itajaí iniciou nessa semana a avaliação dos imóveis que deverão ser desapropriados para as obras de implantação do binário da rodovia Osvaldo Reis, que liga Itajaí a Balneário Camboriú. Também foi dada ordem de serviço para os levantamentos topográficos da nova ligação entre as avenidas Marcos Konder e Irineu Bornhausen.


O investimento para construção do binário, que vai duplicar a capacidade viária no trecho do bairro Fazenda, é de R$ 63 milhões, incluindo as desapropriações e as obras. A duplicação será um dos maiores investimentos dentro do pacote de projetos em mobilidade urbana de Itajaí.

Continua depois da publicidade



O novo binário vai incrementar o sistema viário de tráfego intermunicipal entre as zonas urbanas de Itajaí e Balneário Camboriú. O primeiro trecho vai do teatro Municipal, passando pelos fundos do cemitério da Fazenda e seguindo pelas ruas Abraão Bernardino Rocha, Olindina Francisca e Arthur Torquato Batista, até o morro Cortado. Será a primeira parte a sair do papel, com obras previstas no início de 2022.

O segundo trecho pega a área do morro Cortado e o último, do morro até o limite com Balneário Camboriú, na praia Brava. A proposta é que a duplicação possa se ligar futuramente com o prolongamento à avenida Martin Luther, projetado pela prefeitura de Balneário. O novo binário contempla a implantação de ciclovias e passeios arborizados com acessibilidade, drenagem, áreas verdes e bolsões de estacionamento.

De acordo com a secretaria de Urbanismo, os imóveis na região da Fazenda receberão as primeiras análises de avaliação para que o município inicie as negociações para as desapropriações necessárias para o binário. O levantamento, porém, vai abranger todas as áreas nos trechos do projeto até Balneário.

Novas sinaleiras na rodovia Osvaldo Reis

Continua depois da publicidade



Trechos da rodovia Osvaldo Reis na praia Brava poderão ter semáforos em ao menos dois pontos pra resolver de forma temporária os locais de acessos em que atualmente há formação de filas e provocam retenção do fluxo na rodovia. Os problemas foram discutidos pelas prefeituras de Itajaí e Balneário, que trabalham na elaboração de propostas.

Segundo Auri Pavoni, há três pontos críticos: na saída da rua Luci Canziani, no retorno em frente à Cassol e no retorno em frente às concessionárias de veículos, na avenida do Estado Dalmo Vieira, já em Balneário. Nos trechos de retorno, as filas se formam na pista de conversão à esquerda e trancam uma das pistas da rodovia nos horários de pico.

Auri explica que a solução passa pela instalação de semáforos. Um dos sinaleiros deve ser no encontro com a Luci Canziani e outro no retorno das concessionárias, usado pra acesso à Brava e à praia dos Amores. “Com isso a gente já consegue dar uma organizada, principalmente em horários de pico, e trazer mais segurança”, avalia.

 

Projeto vai ligar Marcos Konder à Caninana

No centro, começaram os serviços topográficos da nova ligação entre as avenidas Marcos Konder e Irineu Bornhausen, a Caninana. O projeto conhecido como Rua do Porto vai ligar as duas avenidas, visando acabar com tranqueira de caminhões que hoje se estende da avenida Eugênio Müller, em frente ao porto, até a Caninana. O trecho é um dos principais gargalos do trânsito de Itajaí.

A ligação terá duas pistas com três faixas por sentido, passeios arborizados, ciclovias, drenagem pluvial e nova iluminação, com a reurbanização de todo o entorno. Os investimentos são avaliados em R$ 28 milhões entre desapropriações e obras, mas as melhorias viárias na região são estimadas em R$ 120 milhões.

Os imóveis da área estão em processo de desapropriações. De acordo com o engenheiro Auri Pavoni, assessor especial da prefeitura, o primeiro dos três trechos do projeto deve ser licitado em até 20 dias, envolvendo área com 40 imóveis que serão demolidos.

As obras vão começar a partir do trecho da Marcos Konder com as ruas Silva e Heitor Liberato. O novo acesso vai cortar o bairro, atravessando a rua Tijucas até a Caninana, de onde o eixo vai se estender até a rua Max, contornando a área de expansão retroportuária.

A ligação será o caminho pro futuro túnel entre Itajaí e Navegantes, previsto em área a montante do porto, e estará interligada com as obras já feitas na ruas Alfredo Eicke e Aleixo Maba e a conclusão da via Expressa Portuária.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.51.151

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 19/10/2021

Publicado 19/10/2021 21:01



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Baita apoio

Blog da Jackie

Balneário Fashion Best Summer

A bordo do esporte

Brasileiros aprovam desempenho no Mundial de Formula Kite

Blog da Ale Francoise

Magnésio e suas funções!

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Blog Doutor Multas

Como comprar o melhor carro dentro de seu orçamento

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯