Matérias | Reclamações


Alerta     

Caiu no golpe do “capital de giro”

Golpista se passou por gerente do banco Safra

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Golpista se passou por gerente do banco Safra Crédito: REPRODUÇÃO

Um comerciante de Porto Belo, que preferiu ter a identidade preservada, entrou em contato com o DIARINHO para fazer um alerta sobre o golpe em que caiu há alguns dias. A golpista manteve contato se passando por gerente do Banco Safra e tomou R$ 630 do comerciante que precisava de operações de crédito. 


A proposta da suposta gerente, que se identificou como Gabrielle Camargo, era que ele teria direito a uma operação de crédito para sua empresa. O comerciante não desconfiou e iniciou as ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A proposta da suposta gerente, que se identificou como Gabrielle Camargo, era que ele teria direito a uma operação de crédito para sua empresa. O comerciante não desconfiou e iniciou as tratativas.

Continua depois da publicidade



Para conseguir o empréstimo, ele precisava de um “decore” registrado com renda de R$ 12 mil. A golpista indicou até uma suposta  contabilidade onde ele conseguiria esse documento. Foi aí que o golpe se completou.

Ele teria que depositar R$ 630 pra ter o “decore” e a suposta gerente Gabrielle disse que já estava tudo aprovado. “Se conseguir o comprovante de renda, já libero seu dinheiro. Em torno de 72 horas já estará creditado na sua conta”, prometeu a mulher.

Depois do comprovante enviado, começaram os problemas. “O banco, por meio de reavaliação de meus supervisores, entendeu que em função de alguns riscos, o valor apresentado está baixo”, alegou ela. “Gabrielle” disse que estava tentando reverter a situação.

Com a enrolação, o comerciante logo entendeu que havia caído em um golpe. Ele fez o registro de dois boletins de ocorrência. “Mesmo o valor não sendo tão alto, faz falta, está difícil pra todo mundo”, lamenta.

Continua depois da publicidade



Depois de reclamar nas redes sociais, o perfil do banco Safra respondeu dizendo que lamenta o ocorrido e que o banco não envia mensagens de texto ou WhatsApp com ofertas de capital de giro ou empréstimos para CNPJ.

“Apenas clientes SafraPay possuem este tipo de crédito. Ressaltamos que essa postura não faz parte da cultura da nossa instituição”, dizia a nota.

O banco ainda reforçou que não indica locais para elaboração/confecção de documentos pessoais. A sugestão foi pra vítima bloquear imediatamente os dois números com quem havia feito os contatos e sofreu o golpe.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





35.170.64.36

TV DIARINHO


Itajaí completa 161 anos neste dia 15 de junho e o DIARINHO, que há 42 anos faz parte dessa história ...



Podcast

MINUTO DIARINHO 15/06/21

Publicado 15/06/2021 22:36



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

Blog Clique Diário

Navios na city

Blog Doutor Multas

Multa do bafômetro: valor em 2021 e como recorrer

Blog do JC

Privatização do aeroporto dengo dengo

A bordo do esporte

De Alicante para Gênova, a decisão da The Ocean Race Europe

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯