Matérias | Geral


Pandemia

Região confirma mais 19 mortes por covid

Brasil teve 4195 mortes em 24 horas; Santa Catarina bateu recorde de 224 mortes

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

(Foto: Divulgação)


M


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






ais seis mortes por coronavírus foram confirmadas em Balneário Camboriú na terça-feira. Três mulheres com 61, 64 e 71 anos, e três homens  com 78, 79, e 80 anos, morreram pela doença. As vítimas tinham comorbidades.

Continua depois da publicidade



Em Itajaí foram mais cinco novas mortes. Duas mulheres, de 41 anos, e um senhor de 81 anos, faleceram na terça-feira. Todos com doenças pré-existentes. As outras vítimas são duas senhoras, uma de 70 anos que faleceu no dia 2 de abril, e a outra de 74 anos que morreu dia 5.

Já em Camboriú são mais duas mortes. Uma mulher de 59 anos  e um senhor de 66 anos. Os dois tinham comorbidades.

Ilhota e Porto Belo registram quatro vítimas fatais. Em Itapema dois pacientes de 66 anos faleceram no hospital Santo Antônio. A mulher não tinha comorbidades. O homem tinha doença pré-existente.

UTIs  lotadas

Continua depois da publicidade



Em Itajaí, a UTI do hospital Marieta Konder Bornhausen está com 10 leitos vagos. O que representa 85,71% de ocupação. Já o UTI do hospital infantil Pequeno Anjo permanece com os seis leitos vagos. Em Balneário Camboriú a UTI está  100% ocupada.

4 mil mortes no Braisl

O Brasil bateu novo recorde de mortes pela covid-19 nessa terça-feira. Foram 4195 óbitos nas últimas 24 horas. O  número de vítimas fatais subiu para 336.947. Ainda há 3598 mortes em investigação.

Santa Catarina também bateu recorde negativo e  confirmou mais de 224 óbitos causados pela doença nesta terça-feira. É o maior número para um único boletim, segundo os dados da secretaria de Estado da Saúde. O recorde anterior foi registrado no dia 26 de março, quando foram confirmadas 215 mortes em 24 horas. Com isso, Santa Catarina chegou a 11.548 mortes causadas pela pandemia.

Morador de Cordeiros, de 48 anos

Alexandre Domingos Silva, 48 anos, morreu vítima da covid-19, na noite de segunda-feira, no centro Integrado de Saúde, do bairro São Vicente, em Itajaí.

Alexandre morava no bairro Cordeiros e deixa a esposa Rita de Cássia e dois filhos. O sepultamento foi no cemitério do bairro Espinheiros.

“Esposo, pai, sogro e amigo amoroso.  Alexandre estava internado no CIS há uns dias lutando contra o covid’, escreveu a esposa no Facebook.

Rita descreveu Alexandre como um homem batalhador e guerreiro, que muito se esforçou para dar todo o conforto à família. “Tinha um sorriso nada modesto, a alegria transbordava do seu coração. Estudioso, gostava muito de aprender e estava sempre buscando novos conhecimentos. Um aluno exemplar e um professor da vida que, com certeza, aqueles que tiveram a oportunidade de conviver, muito aprenderam. Fica nosso orgulho e gratidão por esse homem incrível que deixou uma família cheia de saudades e boas lembranças”, dizia a despedida da esposa.

Essa é a segunda morte na família de Rita em menos de uma semana. No dia 29 de março, ela também perdeu a mãe. Maria Goretti Jorge dos Santos faleceu aos 69 anos também vítima de covid.

Revendedora da Mary Kay falece 

A representante e diretora da Mary Kay de Itajaí, Daliane de Carli, 41 anos, faleceu na UTI do hospital Marieta, em Itajaí, vítima da covid-19. A morte foi nessa terça-feira.

Daliane já foi professora e supervisora da rede municipal de ensino de Itajaí. Atualmente, ela trabalhava com a representação de produtos de beleza.

Daliane deixa um filho. O local do velório edo  sepultamento ainda não foram informados.

Morre professora de creche

A professora Katiuscia Vicente, 41 anos, não resistiu à covid-19 e faleceu na terça-feira em Itajaí. Ela estava internada. “Com enorme aperto no coração me despeço de você, minha irmã, vítima de covid. Sei que agora você está junto de nosso pai. Que Deus nos ajude a superar este momento difícil”, escreveu o irmão Marco Vicente, nas redes sociais.

Katiuscia foi velada na capela do Prever, no bairro São Vicente, e sepultada no cemitério da Fazenda.

Há quatro anos, Katiuscia foi diretora do centro de Educação Infantil (CEI) Professora Mauricélia André do Nascimento, no bairro Cidade Nova.

Ela era professora da rede Municipal de Ensino de Itajaí há mais de 20 anos. Katiuscia deixa um filho de sete anos e o marido.

CIDADES

CASOS

MORTES

VÍRUS ATIVO

CURADOS

Balneário Camboriú

19.323

288

646

18.389

Balneário Piçarras

3.711

40

84

3.675

Bombinhas

3.107

44

30

3.033

Camboriú

8.808

124

277

8.407

Ilhota

1.557

16

não informado

1.554

Itajaí

19.019

491

1.839

16.689

Itapema

10.520

191

470

9.834

Luiz Alves

1.665

8

não informado

1.612

Navegantes

5.838

108

457

5.260

Penha

3.824

65

45

3.714

Porto Belo

2.955

26

não informado

2.890

Santa Catarina

821.952

11.548

20.183

790.221

Brasil

13.100.580

336.947

1.204.849

11.558.784

covidhospitaisscamfriuti


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.226.76.98

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 22/04/2021

Publicado 22/04/2021 22:04



Blogs

A bordo do esporte

The Ocean Race anuncia nova iniciativa sobre a mudança climática

Blog da Jackie

Novidadeiras

Blog do JC

Aditivo

Blog da Ale Francoise

Fortificante Natural de Uva!

Blog Clique Diário

Primeira Foto do voo inaugural do helicóptero Ingenuity Mars da NASA

Blog Doutor Multas

CNH Bloqueada? Veja o que fazer para regularizar

Blog do Ton

Terrazza Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

Fabrício Oliveira

"Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯