Matérias | Geral


ITAJAÍ

Coral é flagrada no caminho de Cabeçudas

Vídeo mostra serpente deslizando em direção à mureta

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Vídeo mostra serpente deslizando em direção à mureta de pedras, onde pôs vós Foto: Divulgação

Ciclistas, pedestres e skatistas que percorrem o trecho da ciclovia de acesso à praia de Cabeçudas, em Itajaí, devem ficar atentos: cobras corais foram vistas na mureta de pedras, na região da gruta de Nossa Senhora de Lourdes.


Um morador chegou a registrar os ovos de corais entre as pedras e uma coral verdadeira na calçada. “Muita gente gosta de sentar na mureta para descansar, mas todo cuidado é pouco”, frisou ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Um morador chegou a registrar os ovos de corais entre as pedras e uma coral verdadeira na calçada. “Muita gente gosta de sentar na mureta para descansar, mas todo cuidado é pouco”, frisou o rapaz, filmando a coral circulando pela calçada, em direção a uma fenda na pedra.

Continua depois da publicidade



Fabricio Ulber, biólogo,  confirmou ao DIARINHO que a cobra da filmagem é uma coral verdadeira. “Coral verdadeira, nome científico micrurus coralinus, muito comum aqui na região. Ela é peçonhenta e tem veneno de ação neurotóxica”, explicou.

O biólogo explica que, mesmo a cobra sendo peçonhenta, é muito difícil de ela atacar alguém. “Ela costuma fugir, ou faz movimentos erráticos para poder afugentar a ameaça”, comenta.

Outro fator que dificulta a picada é que a anatomia da coral proporciona uma pequena abertura da boca. “A maioria dos acidentes com corais acontece com crianças, que por desconhecimento acabam mexendo no animal e podem levar a picada, principalmente na mão, mas é muito difícil de acontecer acidentes com corais”, opina.

Deixa a bicha em paz

Continua depois da publicidade



Ao você encontrar uma cobra coral, a orientação é se afastar e deixar a bonitona seguir o seu caminho de boa. “Nunca mexa com serpentes. Inclusive, pela Lei 9605/ 98, isso configura crime ambien-tal”, reforça.

A defesa Civil ainda recomenda que quem avistar a cobra deve procurear auxílio de um profissional – não se deve matar as cobras, mas solicitar a presença dos bombeiros, para que elas sejam encaminhadas ao seu habitat natural.

As corais aparecerem com  maior facilidade no verão, porque conta das altas temperaturas altas. Elas saem da toca em busca de mais alimentação e novos abrigos.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





107.21.85.250

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 17/01/2022

Publicado 17/01/2022 21:37



Especiais

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Crescimento da coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

Especialistas em cripto jogos apostam em projetos como o Meta Soccer para jovens investidores

Blog do JC

Ou vai ou racha?

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Blog da Ale Francoise

Conhece os benefícios para sua saúde do ILIB!?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog do Ton

Banho Energético para a Virada de Ano

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯