Matérias | Geral


Pente-fino

Itajaí terá mega operação para fiscalizar ligações irregulares de esgoto

Maior programa de inspeções já lançado pelo município fará a vistoria de 26 mil imóveis

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Ações vão começar pelo bairro Fazenda, Cabeçudas, Brava, centro e parte da Vila Operária (foto: João Batista)

O Semasa está apertando a fiscalização contra ligações clandestinas de esgoto em Itajaí. O programa de inspeções “É Só Se Ligar”, iniciou, nesta semana, a visita a cerca de 26 mil imóveis em 27 meses para emissão de certificado de regularidade. Quem não estiver dentro das regras, receberá uma notificação e terá prazo de 90 dias para a regularização. Se não cumprir, haverá multa.


Será o maior programa de inspeção já lançado pela autarquia. As vistorias começarão pelos bairros Fazenda, Cabeçudas e Praia Brava, e serão estendidas para outras regiões da cidade onde há rede coletora. As equipes estarão devidamente identificadas com camisetas, crachás e veículos. Casas, condomínios e comércios serão vistoriados. O trabalho iniciará por 12 ruas do bairro Fazenda. São elas: Fritz Schneider, Pedro Camilo da Silva, Sebastião João dos Santos, João Batista Vieira, Gumercindo Rocha, Joaquim Luiz, Galdino Gerônimo Vieira, Abel Adriano da Silva, Leopoldo Ternes, Antônio Rocha de Andrade, Antônio Bonanomi e Alameda Ernesto Schneider.

Continua depois da publicidade



Ainda nesta semana, estão previstas ações com máquina de fumaça nas ruas Gumercindo Rocha, João Batista Vieira e Sebastião João dos Santos, que ficam entre o ribeirão Schneider e a rua Florianópolis. O equipamento é usado para detectar pontos com ligações irregulares na rede coletora e na rede de drenagem pluvial.

Os fiscais estão passando por treinamento teórico e prático de campo nesta quarta-feira. Na quinta-feira, as ações começaram no bairro Fazenda, com apresentação do programa aos moradores, distribuição de materiais informativos e agendamento das primeiras inspeções.

A prioridade na região da Fazenda é vistoriar os imóveis nas imediações do ribeirão Schneider, a fim de brecar o lançamento de esgoto clandestino no canal, que desemboca na baía do Saco da Fazenda. A fiscalização está dentro da meta do município em garantir rios e praias limpos, sem poluição causada pelo despejo irregular de esgoto.

“Além do compromisso que todos têm com a preservação do meio ambiente, ligar corretamente na rede representa saúde e valorização do imóvel. O objetivo é que todos tenham o Certificado de Regularidade de Instalações Sanitárias e Pluviais de Edificação para uma Itajaí saneada”, destaca o diretor de Saneamento do Semasa, Victor Silvestre.

Continua depois da publicidade



Maioria dos imóveis, mesmo os ligados na rede, tem irregularidades

Ligações de esgoto cobrem 26% da cidade (foto: divulgação)

O Semasa já tem em operação as redes coletoras dos bairros Praia Brava, Cabeçudas, Fazenda, Fazendinha, centro e parte da Vila Operária, que cobrem 26% da área urbana da cidade. Com obras em andamento em nove bairros, mais de 100 quilômetros de rede serão instalados, alcançando 58% de cobertura. “Assim que colocarmos em operação as redes do Cidade Nova, Cordeiros e São Vicente, estes locais também serão vistoriados”, informa Victor Silvestre.

Nos bairros onde já há rede, dados do Semasa apontam que 76% dos 4720 imóveis vistoriados na Praia Brava, Fazenda e Cabeçudas em 2020 estão irregulares. Mesmo entre os imóveis conectados na rede, 65% apresentam algum tipo de irregularidade na emissão do esgoto, a maioria devido à falta de caixa de gordura e drenagem pluvial ligada junto com o esgoto.

Victor explica que a falta de informações é o principal motivo das irregularidades. “Porém, há muitas pessoas que não querem fazer o investimento para fazer a ligação, o que acaba prejudicando toda a coletividade”, observa.

Foco na orientação e vistorias com agendamento

As vistorias nas casas serão feitas por meio de agendamento. O dono do imóvel receberá um comunicado solicitando a marcação da vistoria. A inspeção no dia agendado consiste em uma série de testes com corante em cada ponto hidráulico do imóvel.

Ao final do procedimento, o dono ou responsável recebe uma notificação com os detalhes e orientações do que precisa ser adequado dentro do prazo para regularização. No caso de descumprimento ao final do prazo, o dono do imóvel estará sujeito às multas que podem variar de R$ 140 a R$ 490, dependendo da infração.

O diretor de Saneamento do Semasa ressalta que o trabalho visa primeiro orientar e conscientizar a população. “Após uma primeira vistoria será dado um prazo de 90 dias para que seja feita a ligação, mas caso o cliente não se regularize, ele será multado”, avisa Victor Silvestre.

O programa atuará de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h, e nas manhãs de sábado, das 8h30 às 12h. O trabalho será tocado pela Echoa Engenharia, empresa contratada por licitação pelo Semasa e que é responsável, em Florianópolis, por programas semelhantes de inspeções sanitárias.

“Colocaremos em campo equipe técnica qualificada e aplicaremos metodologia de inspeção que permitirá fazer diagnóstico amplo e preciso de como se dá a destinação de esgoto em Itajaí”, diz o engenheiro sanitarista da empresa, Vinicius Ragghianti.

A ligação que precisa estar adequada é a do sistema interno de esgoto do imóvel, seja residencial, comercial ou industrial. A responsabilidade de ligar na rede pública do Semasa é do proprietário do imóvel. Nas ruas, a rede coletora é a tubulação subterrânea que leva os dejetos até a estação de Tratamento de Esgoto (ETE).




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





23.20.20.52

Últimas notícias

FALTOU FUTEBOL

Brasil fica apenas no empate com o Equador

Ataque

Agrediu a esposa com o “golpe do peixe congelado”

PORTO BELO

Assaltante do oeste virou dono de oficina no litoral

Batalha judicial

 Tribunal condena APM Terminals a pagar R$ 170 milhões em ressarcimento à União

Criador da Festa do Pirão 

Fausto Rocha Jr.: 21 anos da morte do ator que Barra Velha (quase) esqueceu

ESPORTE

Chapecoense ganha primeira batalha contra o Avaí em 2022 desafiante para ambos

Crime ambiental 

Polícia recuperou 100kg do lanço ilegal de bagres

ITAJAÍ

Calçadão da Hercílio tá uma bagunça, reclama morador

BALNEÁRIO

Wesley Safadão agitará luta entre Whindersson Nunes e Popó Freitas

Oportunidade

Microsoft lança treinamento de programação gratuito para mulheres



Colunistas

Coluna Esplanada

Linha de frente

Espaço InovAmfri

O novo mundo do 5G

JotaCê

Canetada

Clique diário

Navio da Marinha

Canal 1

Venda de direitos esportivos avançou, mas ainda tem muito a ser feito

Coluna Tema Livre

Nem guru e nem político de estimação

Artigos

Poeta mensageiro

Coluna do Janio

Boa estreia

Coluna Exitus na Política

“Espelho, espelho meu”

Coluna Adjori SC

Veto ao reescalonamento dos débitos de MEIs e empresas do Simples Nacional será derrubado

Coluna do Ton

Na Pose

Instituto Ion | Informando e Inovando

Impacto dos hábitos nas finanças

Na Rede

Na Rede

Via Streaming

Normalidade ampliada

Coluna Fato&Comentário

Tespis Cia. de Teatro: memória e história

Jackie Rosa

Bailon

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna do Frei Betto

Feliz Ano Novo



TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 26/01/2022

Publicado 26/01/2022 21:09



Especiais

Criador da Festa do Pirão 

Fausto Rocha Jr.: 21 anos da morte do ator que Barra Velha (quase) esqueceu

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

ABB Formula E abre oitava temporada na Arábia Saudita

Blog do JC

Fabrício Oliveira e Luciano Hang juntos

Blog do Ton

Evie Sushi chega a Balneário Camboriú com inspiração nos grandes centros urbanos

Blog da Ale Francoise

Biorressonância na prevenção de sua saúde

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯