Matérias | Polícia


SÃO PAULO

Universitária conta que foi dopada e estuprada em rodeio

 Influenciadora descobriu que foi violentada após começar a sentir dores e procurar médico

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Franciane trouxe o caso à tona nas redes sociais

Franciane Andrade, 23 anos, estudante universitária e influenciadora digital, usou as redes sociais nesta semana para denunciar que foi dopada e estuprada durante o Jaguariúna Rodeo Festival, que ocorreu no final de semana passado, em Jaguariúna, interior de São Paulo.


A universitária contou que passou a sentir fortes dores nas partes íntimas, mas não sabia a origem. Ela foi ao médico e descobriu que foi violentada "Não sei como contar isso aqui... Acabei de correr ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A universitária contou que passou a sentir fortes dores nas partes íntimas, mas não sabia a origem. Ela foi ao médico e descobriu que foi violentada "Não sei como contar isso aqui... Acabei de correr atrás de B.O., fui no IML em Mogi Guaçu, fiz um exame, a polícia constatou que houve estupro e não sabe me dizer se foi um, dois ou três [homens]", denunciou nas redes sociais.

Continua depois da publicidade



A estudante revela que comprou um dos camarotes mais caros do rodeio para ter segurança e acabou sendo violentada. Como estava inconsciente, ela não sabe quem cometeu o crime. " Que dor estou sentindo... inconsciente, sem ver quem era. Peço muito a ajuda de vocês, muito mesmo, Jaguariúna tem que se responsabilizar por isso...", disse, aos prontos, no stories do Instagram.

Na madrugada de quarta-feira, a influenciadora voltou a usar os stories para desabafar. "Amanhã será mais um dia de exames, de delegacia e de esclarecimentos. A palavra não basta, é preciso mostrar, provar, estou muito cansada... Estou aflita, sem forças, com medo. Não quero ficar marcada por isso, não quero ouvir minha mãe chorando e perguntando: 'Por quê?' Tudo isso é um pesadelo", disse.

A polícia Civil informou que a delegacia de Jaguariúna iniciou as investigações e diligências foram feitas. A organização do Rodeio se colocou à disposição da polícia Civil para ajudar na investigação. O rodeio tem câmeras de segurança que estão sendo analisadas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





107.21.85.250

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 17/01/2022

Publicado 17/01/2022 21:37



Especiais

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Crescimento da coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

Especialistas em cripto jogos apostam em projetos como o Meta Soccer para jovens investidores

Blog do JC

Ou vai ou racha?

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Blog da Ale Francoise

Conhece os benefícios para sua saúde do ILIB!?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog do Ton

Banho Energético para a Virada de Ano

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯