Matérias | Geral


ITAJAÍ

Construção na praia Brava é denunciada ao MPF

Pra associação, seria irregular construção entre a restinga e o ribeirão Ariribá

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Terreno vai receber prédio com térreo e dois pavimentos (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A associação Comunitária da Praia Brava (ACBrava) fez denúncia ao ministério Público Federal (MPF) contra a liberação de um empreendimento no final da rua Adolfinho Lindalvo Costa, junto à restinga da praia. O terreno dá fundos para o ribeirão Ariribá, que faz limite entre Itajaí e Balneário Camboriú. A entidade pede o embargo da obra, considerando que alvará de construção seria irregular para o local, dentro de área de proteção ambiental.


O canteiro de obras do empreendimento já está montado no local e há máquinas trabalhando na perfuração do solo. As placas informativas avisam que será construído um residencial unifamiliar, com alvará de construção dado em 2020 pela secretaria de Urbanismo. O projeto prevê um prédio com térreo e dois pavimentos, limite permitido na parte enquadrada como zona residencial.

Continua depois da publicidade



A associação destaca que o terreno está num espaço de transição entre os ecossistemas do estuário, manguezal, restinga, praial e do mar, sendo protegido como área de Preservação Permanente. “Esse local não é passível de nenhum tipo de ocupação”, afirma Daniela Occhialini, presidente da entidade.

A denúncia foi levada ao MPF após os primeiros questionamentos junto à ouvidoria do município, ao instituto Itajaí Sustentável (Inis) e ao instituto de Meio Ambiente (IMA). Para associação, houve negligência na liberação do alvará, sendo necessário embargar a obra antes que os trabalhos causem danos ambientais irreversíveis.

Além da questão ambiental, Daniela comenta que o local está inserido no espaço usado pelos pilotos de parapente como área de aproximação de pouso do morro do Careca. A secretaria de Urbanismo confirmou que a obra tem alvará e que, no local, será construída uma casa de 400 metros quadrados.

O órgão não respondeu sobre o zoneamento. Pela planta cadastral do município, parte da área está em zona residencial, permissível até dois andares, além do térreo.

Continua depois da publicidade



Documento emitido pelo Inis sobre o empreendimento declara que a obra não está sujeita ao licenciamento ambiental, conforme resolução do conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema). A declaração informa que a obra está fora de APP e deve respeitar o recuo de 30 metros de rio Ariribá, vetando intervenção na vegetação que protege as dunas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





52.203.18.65

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 25/01/2022

Publicado 25/01/2022 21:33



Especiais

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Crescimento da coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

Atleta olímpica disputa Brasileiro de Snipe grávida de 31 semanas

Blog do JC

Deputado diz que governo Federal dá soco no queixo de catarinenses

Blog do Ton

Evie Sushi chega a Balneário Camboriú com inspiração nos grandes centros urbanos

Blog da Ale Francoise

Biorressonância na prevenção de sua saúde

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯