Matérias | Polícia


Balneário Piçarras

Acusado de matar esposa é condenado

Caso chocou a cidade em 2015; marido tinha personalidade violenta, não aceitava separação e matou a esposa, pelas costas, na frente dos filhos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Jaciel costumava bater e ameaçar a mulher (Foto: Divulgação)

A justiça de Balneário Piçarras condenou Jaciel Wilck a 18 anos, cinco meses e 15 dias de prisão, em regime fechado. Jaciel foi condenado por matar a ex-mulher, Neiva Aparecida de Oliveira, em novembro de 2015. Ela foi morta com cinco tiros, disparados pelas costas.


O julgamento, conduzido pelo magistrado Luiz Carlos Vailatti Júnior, encerrou por volta das 21h de quarta-feira, e ele foi condenado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O julgamento, conduzido pelo magistrado Luiz Carlos Vailatti Júnior, encerrou por volta das 21h de quarta-feira, e ele foi condenado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil, após o histórico de desavenças com a esposa, que culminou com a trágica morte dela, seis anos atrás – crime motivado por uma suposta infidelidade conjugal de Neiva, num relacionamento que durou 15 anos.

Continua depois da publicidade



O juiz considerou que Jaciel agiu com “dolo elevado”, num crime cometido na casa da vítima. Vailatti Júnior ainda frisou que Wilck “demonstrou desprezo pela ex-esposa, quando se deslocou a Navegantes para um bar, local em que foi preso, bebendo”.

Outro fator levado em conta pelo magistrado foi a personalidade violenta de Jaciel, que andava sempre armado – e no crime, foi flagrado com arma ilegal. Ameaças e violências contra Neiva eram constantes. 

O casal morava em Piçarras, após mudança de Chapecó, e tinha dois filhos, de 12 e 14 anos. Neiva encerrou o relacionamento em fevereiro de 2015, e nove meses depois, perdeu a vida vítma de um feminicídio.

Terceira vez

Continua depois da publicidade



Jaciel já havia enfrentado o tribunal do júri por outras duas vezes, entre 2016 e 2017. O primeiro julgamento, em novembro de 2016, foi anulado pelo fato de um jurado comunicar à juíza Regina Soares Ferreira, na ocasião, que teria ouvido os demais jurados antes do tribunal.

Em agosto de 2017, houve o segundo julgamento, com pena de cinco anos de prisão em regime semiaberto, mas o ministério Público, autor da denúncia, recorreu da sentença e conseguiu levar o caso a júri mais uma vez.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





52.203.18.65

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 25/01/2022

Publicado 25/01/2022 21:33



Especiais

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Crescimento da coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

Atleta olímpica disputa Brasileiro de Snipe grávida de 31 semanas

Blog do JC

Deputado diz que governo Federal dá soco no queixo de catarinenses

Blog do Ton

Evie Sushi chega a Balneário Camboriú com inspiração nos grandes centros urbanos

Blog da Ale Francoise

Biorressonância na prevenção de sua saúde

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯