Matérias | Geral


PRIVATIZAÇÃO DO PORTO

Comissão alega falta de estudos detalhados pra elaborar contraproposta

Grupo que acompanha processo de desestatização do porto cobra respostas do governo federal

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Município quer saber como ficaria a dragagem do rio e o canal de acesso na concessão (Foto: Arquivo/João Batista)

A comissão Parlamentar Mista que acompanha o programa de desestatização do porto de Itajaí pediu que o governo federal apresente estudos detalhados que embasem a proposta de privatização. O município alega que precisa dessas informações para elaborar uma contraproposta técnica ao governo federal.


O pedido foi discutido na reunião da comissão na quinta-feira passada, na câmara de Vereadores. O modelo da prefeitura defende a manutenção da autoridade portuária pública municipal no novo contrato de privatização. A proposta da secretaria Nacional de Portos, no entanto, prevê a privatização total, o que retiraria o município de Itajaí da gestão portuária. Segundo o governo federal, a gestão pública trava a eficiência do porto.

Continua depois da publicidade



O município não concorda com a avaliação e entende que as atribuições da autoridade portuária precisam ser consideradas no processo. Além dos estudos detalhados da privatização, a comissão parlamentar quer que o governo federal aponte onde está a alegada ineficiência do porto de Itajaí.

O grupo também espera resposta de requerimentos já feitos pela prefeitura e que a secretaria Nacional de Portos apresente quais as propostas para a dragagem do Itajaí-açu e para a gestão do canal de acesso. A questão da dragagem e do canal de acesso, que atende todo o complexo portuário, não foi abordada pela secretaria na apresentação preliminar dos estudos, que se restringiu aos dados das operações do porto.

O superintendente do porto de Itajaí, Fábio da Veiga, defendeu que a comissão pedisse os estudos detalhados porque, segundo ele, até o momento o município recebeu apenas uma apresentação digital, sem os dados completos.

Ele lembrou que o município já tinha oficializado a solicitação, ainda à espera de resposta. Na audiência feita na comissão de Infraestrutura do senado federal no dia 26 de outubro, a secretaria de Portos não trouxe informações novas da proposta, com a mesma apresentação levada à câmara de vereadores em agosto.

Continua depois da publicidade



“Temos como comprovar a eficiência do porto e defender a continuidade da Autoridade Portuária Pública Municipal, mas para analisar a proposta da secretaria Nacional de Portos (SNP) e fazer nossa contraproposta de forma técnica, precisamos de clareza nas informações, o que não é possível fazer sem acesso aos estudos completos”, justificou Fábio.

A comissão também cobra que o governo federal dê uma resposta definitiva sobre o pedido para a renovação do convênio de delegação do porto de Itajaí ao município. O atual convênio vence em 1º de janeiro de 2023. A prefeitura busca renovar a municipalização por 25 anos, até 2048, pra que a cidade não seja prejudicada com o leilão do porto, previsto no segundo semestre de 2022.

O vereador Beto Cunha (PSDB), presidente da comissão Parlamentar, destaca que a ideia do grupo é encontrar o melhor modelo para a administração do porto, sem prejuízos à arrecadação do município e à condição dos trabalhadores portuários. A manutenção da autoridade portuária municipal é defendida por vereadores, deputados estaduais,  federais e senadores catarinenses, mas entidades empresariais preferem que a gestão também seja privada.

A primeira versão do modelo de desestatização será colocada em consulta pública neste mês pela agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), podendo receber mudanças. Entre elas está pedido pra que a dragagem do canal seja incluída na concessão. Depois, a proposta segue para análise do tribunal de Contas da União (TCU) e, se aprovada, o edital de privatização deve ser lançado até meados de 2022.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





107.21.85.250

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 17/01/2022

Publicado 17/01/2022 21:37



Especiais

Tradição

DIARINHO: 43 anos na liderança do jornalismo regional

PREVISÕES 2022

Oráculos apostam em um ano de desafios e solidariedade

TUDO JUNTO

Itajaí Shopping une compras, serviços e lazer

COLETA SELETIVA

Navegantes, Penha e Piçarras ainda não dispõem de coleta seletiva

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Crescimento da coleta seletiva



Blogs

A bordo do esporte

Especialistas em cripto jogos apostam em projetos como o Meta Soccer para jovens investidores

Blog do JC

Ou vai ou racha?

Blog Doutor Multas

Como falar de improviso?

Blog da Ale Francoise

Conhece os benefícios para sua saúde do ILIB!?

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog do Ton

Banho Energético para a Virada de Ano

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú



Entrevistão

Gabriel Castanheira

"Se tiver que prender mil vezes o cara, vamos prender mil vezes. É isso que eu converso com a tropa. Tem casos de pessoas que nós prendemos mais de 40 vezes [...] Cometeu um crime? Encaminha para a delegacia.”

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯