Matérias | Geral


Itajaí

Funcionários denunciam Transpiedade por falta de depósitos do FGTS

Ex-empregada diz que valor não apareceu no extrato da rescisão. Sindicato garante que empresa cumpriu com as obrigações legais

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Acordo de reajuste salarial também não estaria sendo cumprido (foto: divulgação)

Funcionários da empresa Transpiedade, que toca o serviço de ônibus de forma emergencial em Itajaí, denunciam que a empresa não deposita o FGTS dos trabalhadores. O problema estaria ocorrendo, há meses, sem que haja fiscalização das obrigações legais pelo sindicato e pela prefeitura.


Uma funcionária, que trabalhou por oito meses na empresa e foi demitida por justa causa, relatou que, quando recebeu a conta, os depósitos da Transpiedade do FGTS não estavam no extrato ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Uma funcionária, que trabalhou por oito meses na empresa e foi demitida por justa causa, relatou que, quando recebeu a conta, os depósitos da Transpiedade do FGTS não estavam no extrato. Ela comentou que vai entrar com ação na justiça contra a empresa. A Transpiedade ainda não respondeu sobre a denúncia.

Continua depois da publicidade



A ex-empregada ainda disse que um acordo coletivo de trabalho com o sindicato previa um reajuste de 5% nos salários, mas que a categoria só recebeu 2% e que metade do percentual foi repassada para o sindicato. O desconto da contribuição sindical teria ocorrido sem concordância dos funcionários.

A ata de negociação do acordo entre a empresa e o sindicato, ocorrido em março, informa que o contato com os empregados foi feito por meio de conversas pessoais e meios eletrônicos, como WhatsApp, e-mail e ligações telefônicas. A assembleia da categoria foi dispensada devido à pandemia.

Segundo o documento, cada trabalhador aceitou a proposta, sendo aprovado o reajuste, conforme o acordo coletivo e o aumento do vale-refeição, entre outros benefícios da proposta apresentada pelo sindicato e discutida com a empresa.

O secretário do sindicato dos Motoristas de Itajaí e Região (Sitraroit), Carlos César Pereira, disse que nenhuma denúncia chegou ao sindicato sobre a falta de depósito do FGTS e estranhou a queixa. “Até porque a empresa homologa as rescisões no sindicato e, lá, nós conferimos tudo, e sempre veio tudo correto”, disse.

Continua depois da publicidade



Ele confirmou que, recentemente, a entidade fez um acordo com a empresa, com os reajustes de salários, ticket alimentação e outras vantagens. Ele ressaltou que o sindicato conseguiu conquistas importantes, entre o reajuste que igualou os salários da Transpiedade com a Viação Praiana e a derrubada do desconto 10%, que era feito no vale-alimentação.

Contribuição sindical

Sobre a contribuição negocial, César esclareceu que foi deixado o direito do empregado a se opor. “Aquelas pessoas que vieram no sindicato apresentar a renúncia do desconto, foi aceito sem problema nenhum”, disse, informando que bem poucos procuraram a entidade pra desistir da contribuição.

Quanto à questão do FGTS, César explicou que, pela legislação trabalhista, quem é demitido por justa causa não tem direito ao FGTS, à multa de 40% e ao seguro-desemprego. Na rescisão, o trabalhador só tem direito ao saldo de salário e às férias vencidas. Ele orienta que a pessoa pode tentar reverter a justa causa na justiça do trabalho.

“Se, através de uma decisão judicial, a pessoa ganhar a ação, o juiz reverte a situação”, comentou. Apesar de não ser permitida a retirada, no momento da rescisão por justa causa, o dinheiro do FGTS fica na conta do trabalhador, podendo ser retirado no futuro, conforme critérios previstos em lei.

Até o fechamento desta edição, a Transpiedade não respondeu ao DIARINHO.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





54.165.57.161

TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Ale Francoise

Você conhece a seiva do dragão?

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯