Matérias | Polícia


Camboriú

Família agredida dá outra versão para confusão no Monte Alegre

Segundo a mãe das vítimas, agressões violentas com espada foram por causa de barulho das crianças

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Foto: Ilustração/Internet

A mãe de duas vítimas de uma briga que ocorreu na rua Manoel Inácio Linhares, no bairro Monte Alegre, em Camboriú, no último domingo, procurou o DIARINHO para confrontar a versão divulgada pelas forças de segurança e publicada na segunda-feira. Segundo ela, a confusão que deixou cinco pessoas feridas aconteceu por conta de agressões covardes de um vizinho e não tem relação com a festa ou som alto em sua residência.


Ela explica que a família estava reunida em sua casa para um almoço de domingo, quando o casal de vizinhos se incomodou com o barulho de duas crianças de cerca de dois anos de idade, que brincavam e gritavam no pátio da casa. O pai de uma das crianças foi até o portão conversar com a vizinha que reclamava e teria sido agredido com um cabo de vassoura. Na sequência, foi a vez do marido da agressora aparecer gritando com uma espada, e não um facão, segundo a denunciante.

Continua depois da publicidade



Na versão da vítima, ele desferiu golpes em quatro adultos que estavam na casa, dois homens e duas mulheres, quebrando o braço do filho dela, e por pouco não atingiu as crianças. Até a esposa do agressor teria se ferido com os golpes.

“Sou cadeirante e estava em meu quarto no momento do ocorrido, mas foi o que os vizinhos me passaram, enquanto meus filhos eram atendidos no Ruth Cardoso”. Segundo ela, cerca de 15 pessoas que estavam na rua testemunharam as agressões. Dos feridos, dois precisaram passar por cirurgia, mas não correm risco de morte.

A moradora também nega que a sua família tenha atirado pedras e tijolos contra a casa do agressor. “Você acha que se tivessem todos armados de pau e tijolos, alguém teria se ferido?”, rebate.

Na versão repassada pela PM, as vítimas feridas procuraram atendimento médico, mas as lesões não eram graves, e apenas um termo circunstanciado da confusão foi registrado.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





54.165.57.161

TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Ale Francoise

Você conhece a seiva do dragão?

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯