Matérias | Geral


COBRANÇA INDEVIDA

Justiça manda empresa parar de emitir boletos de serviços não contratados

Há 106 denúncias contra a BR Consultoria por cobranças indevidas em BC

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Empresa faz cobrança de serviço que não foi contratado (foto: franciele marcon)

A Vara da Fazenda Pública de Balneário Camboriú atendeu os pedidos do Ministério Público e determinou uma série de sanções à BR Consultoria Telecom, de Balneário Camboriú. A empresa vendia o suposto serviço de conseguir descontos nas faturas de TV por assinatura e telefone. Mesmo sem a contratação do serviço, a BR emitia boletos e até protestava clientes que não pagassem as cobranças geradas indevidamente. O Procon de Balneário recebeu oito reclamações sobre a prática abusiva e outras 97 pessoas fizeram a reclamação no site “Reclame Aqui”.


Para frear a cobrança abusiva, o promotor Álvaro Pereira Oliveira Melo, da 6ª Promotoria de Justiça, entrou com uma ação civil pública contra a empresa. Na tarde de segunda-feira, a juíza ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Para frear a cobrança abusiva, o promotor Álvaro Pereira Oliveira Melo, da 6ª Promotoria de Justiça, entrou com uma ação civil pública contra a empresa. Na tarde de segunda-feira, a juíza Adriana Lisboa determinou que a BR Consultoria pare de emitir boletos de cobrança emitidos sem a contratação ou autorização dos clientes.

Continua depois da publicidade



A empresa também deve adequar a oferta dos serviços e deve deixar claro aos consumidores que não possui vínculo com as operadoras de telefonia e TV por assinatura. A BR também está proibida de levar a protesto e usar qualquer meio para cobrar o pagamento por boletos e serviços que não foram contratados pelos clientes.

A multa, por descumprimento da decisão, é de mil reais. A juíza ainda determinou que o Procon de Balneário, o órgão estadual de defesa de consumidor e a Associação dos Notários e Registrados do Brasil (Anoreg) sejam notificados da decisão.

Segundo a ação do MP, a primeira denúncia foi feita pelo morador M.O.P., que relatou práticas abusivas na oferta de serviço de consultoria telefônica pela BR. A empresa contata os moradores, através de ligação de telemarketing, alegando que vai conseguir redução nos valores pagos pelos consumidores em serviços de telefonia e TV por assinatura. Logo após o contato telefônico, mesmo sem a contratação do serviço, a empresa já emite o boleto de cobrança para pagamento dos supostos serviços. 

Os reclamantes denunciam que, além de o boleto ter sido enviado sem a contratação do serviço, também não é verdade que haja a redução das tarifas dos serviços de telefonia e internet. Em alguns casos houve, inclusive, o aumento na prestação do serviço de telefonia ou TV por assinatura. Outra prática constatada na ação civil pública é que a maioria dos lesados são pessoas idosas.

Continua depois da publicidade



Pagou pra consultoria e depois teve que pagar a OI

Em outro caso denunciado ao MP, a consumidora relata que tinha um plano com a OI e pagava uma fatura mensal de R$ 120. Ela foi procurada por funcionários da BR Consultoria Telecom que se apresentaram como consultores locais da OI.

A atendente confirmou dados e ofereceu redução dos valores das faturas e algumas supostas melhorias no plano. O plano passaria a custar R$ 89,90 e a consumidora chegou a pagar o boleto da BR Consultoria.

Só que no mesmo mês a Oi emitiu o boleto mensal para pagamento com o valor de R$ 120. “A reclamante contatou a OI e informou que havia pago o valor para a BR Consultoria, sendo assim, a fatura em aberto era indevida. Foi então que os funcionários da Oi informaram que não possuíam vínculos com a empresa e informaram que a reclamante tinha sido vítima de um golpe”.

Como várias vítimas são pessoas idosas, são facilmente ludibriadas pela empresa. “A empresa ré tem por prática abordar consumidores idosos que, diante da idade e por vezes com baixo grau de instrução, acabam sendo ludibriados por aqueles que os contatam, sendo, em regra, percebida a prática fraudulenta tão somente quando recebem os boletos em suas residências”, afirma o promotor na ação.

O MP ainda relata que, além de os boletos serem enviados sem prévia contratação do serviço, eles só eram cancelados se fhouvesse reclamação dos consumidores. “Tais boletos variam em seus valores, sendo registrados entre R$ 25 e R$ 120, o que corrobora a alegação de grande capacidade lesiva da prática”, informou a promotoria.

Fiscalização na empresa

No curso da investigação do MP, o Procon, de BC, chegou a fiscalizar a sede da empresa na avenida do Estado Dalmo Vieira. Na época havia alguns funcionários trabalhando no local. Eles informaram que o contato com os consumidores era feito através de ligações telefônicas e, sendo aceito o serviço, somente após a devida redução dos valores das operadoras de telefonia e TV por assinatura, eram emitidos quatro boletos no valor exato da redução.

O DIARINHO não conseguiu contato com a BR.consultoria até o fechamento desta matéria.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





54.211.101.93

Últimas notícias

Navegantes

Motociclista morre ao invadir contramão da BR 470

Itajaí

Motorista passa direto em cruzamento e causa acidente no centro

Novo sucesso

Vitor Kley lança versão acústica de "O Amor Machuca Demais"

Santa Catarina

Matriz de risco da covid aponta 13 regiões no nível moderado

Reconhecimento

Prêmio Fritz Müller é entregue a entes públicos e privados que aliam sustentabilidade e produção

Chegou a hora

Temporada de verão abre neste sábado em BC

Acidente

Carro invade trevo de acesso à Itajaí

Olho na sorte

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 16 milhões neste sábado

Pandemia 

Penha cancela réveillon e programação de shows nacionais  

São Chico 

Suspeito de estuprar senhora com uso de vibrador é preso no litoral



Colunistas

JotaCê

Novo tempo

Jackie Rosa

Um café daqueles...

Via Streaming

“Raised by Wolves”

Na Rede

Na Rede

Instituto Ion | Informando e Inovando

O PIX veio para ficar ou não?

Canal 1

SBT tem uma cartilha de mudanças para os próximos tempos

Coluna Adjori SC

Abaixo-assinado cobra mais atenção para as rodovias federais catarinenses

Coluna Esplanada

O “terrível” Grandioso

Espaço InovAmfri

Dados para salvar o meio ambiente

Clique diário

Paisagem

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna do Janio

Boas notícias no Marinheiro

Coluna Tema Livre

Corrida presidencial

Coluna Exitus na Política

Sonhos em Tarimbas

Coluna do Ton

Inauguração

Coluna Fato&Comentário

“Anuário de Itajaí”- edição especial

Coluna do Frei Betto

Império do medo

Artigos

Um tributo à verdade



TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Ale Francoise

Você conhece a seiva do dragão?

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯