Matérias | Geral


Praia de Cabeçudas

Garimpeiro encontra “vômito de baleia”, material que pode valer milhões

Achado, cuja procedência ainda não foi confirmada, é usado por fabricantes de perfumes caros

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Pescador da Tailândia (foto) ficou rico; morador de Itajaí ainda não confirmou procedência da pedra (Foto: Reprodução redes sociais)


Um morador de Itajaí teria encontrado uma coisa um pouco nojenta, mas que pode render muita grana: o popular “vômito de baleia”. O negócio, que parece uma pedra, é um “cálculo intestinal do mamífero”, usado na indústria farmacêutica e de beleza, que vale muita grana.


A âmbar cinza foi encontrada por um homem que garimpava objetos trazidos pelo mar, na praia de Cabeçudas, usando um detector de metais. O achado foi, há alguns meses, durante a ressaca que atingiu o nosso litoral.

Continua depois da publicidade



O caso veio à tona nessa sexta-feira, através de sites de notícias, mas a identidade do homem não foi revelada. Ele teria localizado a pedra e percebido que era diferente, mais leve, e se alertou para a possibilidade de ser o “vômito de baleia”.

O professor Jules Soto, curador do museu de oceanografia da Univali, explica que a pedra é expelida do intestino de baleias cachalotes. Ele acredita que é difícil, mas não é impossível de se encontrar a pedra aqui na nossa região.

Jules diz que poderia analisar a pedra para confirmar a procedência. “Tem que analisar para dizer se é ou não. O reconhecimento não ocorre por fotografia. Ela é possível de ser encontrada na nossa região, mas é bastante improvável”, opina Jules. O especialista confirma que os cachalotes são frequentadoras da costa catarinense, já que estamos na rota de imigração.

 

Continua depois da publicidade



Tailandês ficou rico

Se ainda há dúvidas sobre a pedra encontrada em Cabeçudas, o tailandês Narong Phetcharaj, 56 anos, confirmou, na quinta-feira, que a pedra branca que ele encontrou flutuando no mar, na cidade de Surat Thani, no sul da Tailândia, é mesmo o popular “vômito de baleia”.

A pedra tem cerca de 30 quilos e está avaliada em R$ 7 milhões. Os especialistas já comprovaram a autenticidade do material, de textura gordurosa, encontrado no intestino da baleia, e considerado item de luxo pela indústria para ampliar a fixação de perfumes caros, como, por exemplo, o francês Chanel 5.

O caso do tailandês foi divulgado no portal Daily Mail.

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.81.89.248

Últimas notícias

Tá rolando

Abertura da temporada de BC é transmitida ao vivo no facebook do DIARINHO

Navegantes

Motociclista morre ao invadir contramão da BR 470

Itajaí

Motorista passa direto em cruzamento e causa acidente no centro

Novo sucesso

Vitor Kley lança versão acústica de "O Amor Machuca Demais"

Santa Catarina

Matriz de risco da covid aponta 13 regiões no nível moderado

Reconhecimento

Prêmio Fritz Müller é entregue a entes públicos e privados que aliam sustentabilidade e produção

Chegou a hora

Temporada de verão abre neste sábado em BC

Acidente

Carro invade trevo de acesso à Itajaí

Olho na sorte

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 16 milhões neste sábado

Pandemia 

Penha cancela réveillon e programação de shows nacionais  



Colunistas

JotaCê

Novo tempo

Jackie Rosa

Um café daqueles...

Via Streaming

“Raised by Wolves”

Na Rede

Na Rede

Instituto Ion | Informando e Inovando

O PIX veio para ficar ou não?

Canal 1

SBT tem uma cartilha de mudanças para os próximos tempos

Coluna Adjori SC

Abaixo-assinado cobra mais atenção para as rodovias federais catarinenses

Coluna Esplanada

O “terrível” Grandioso

Espaço InovAmfri

Dados para salvar o meio ambiente

Clique diário

Paisagem

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna do Janio

Boas notícias no Marinheiro

Coluna Tema Livre

Corrida presidencial

Coluna Exitus na Política

Sonhos em Tarimbas

Coluna do Ton

Inauguração

Coluna Fato&Comentário

“Anuário de Itajaí”- edição especial

Coluna do Frei Betto

Império do medo

Artigos

Um tributo à verdade



TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Ale Francoise

Você conhece a seiva do dragão?

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯