Matérias | Polícia


Investigação

Polícia recupera carga de fios roubada; empresário tá foragido

Ordens judiciais foram cumpridas em Brusque, Guabiruba e São João do Itaperiú; empresário está foragido

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Uma empresária de Guabiruba foi presa e outro empresário está foragido (Foto: Divulgação)

A polícia Civil deflagrou a operação “Fio Solto” para combater os crimes de receptação de cargas roubadas e associação criminosa. A investigação recuperou parte de uma carga avaliada em R$ 690 mil e prendeu duas pessoas. Um empresário, responsável pela receptação da carga, está foragido.


A investigação teve início com o furto de uma carga de algodão, avaliada em cerca de R$ 690 mil, no dia 25 de setembro, na cidade São José dos Pinhais, região metropolitana do Paraná.

Continua depois da publicidade



A polícia Civil de Brusque tomou conhecimento de que a carga foi desviada para a cidade de Guabiruba. Como a cidade tem muitas empresas de tecelagem, a polícia iniciou uma investigação pra identificar e apreender parte da carga furtada.

Na medida em que a investigação avançava, o principal suspeito da receptação iniciou uma manobra desesperada para tentar esconder os fios, transportando para diversas empresas, inclusive para imóveis da sua família.

Na tarde de terça-feira, a polícia cumpriu sete mandados de busca e apreensão nas casas e empresas dos investigados, nas cidades de Brusque, Guabiruba e São João do Itaperiú.

Houve a recuperação de mais 451 caixas de fios, somando mais de 13 toneladas, avaliadas em R$ 420 mil, uma arma de fogo e 122 munições. Duas pessoas foram presas, mais de 30 ouvidas e oito empresas foram fiscalizadas.

Continua depois da publicidade



Houve a prisão de uma empresária de Guabiruba, que estava com a arma. Ela pagou fiança de dois salários mínimos e foi liberada. O outro preso era um integrante da quadrilha, que teve a prisão temporária decretada pela justiça.

Um segundo empresário de Guabiruba, responsável pela receptação da carga roubada, está com a ordem de prisão decretada. Ele está foragido.

A polícia reforça o alerta às empresas de tecelagem para que não coloquem fios comprados na produção antes da apresentação das notas fiscais, pois a conduta pode configurar crime de receptação.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.89.204.127

TV DIARINHO


Entrevistão Rodrigo Fernandes Juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina





Especiais

Meio Ambiente

Juarez Müller, o homem das árvores e flores, recebe homenagem na Câmara de Vereadores

Escotismo

Grupo Lauro Müller volta renovado após quase dois anos de incertezas

REGIÃO

Confira a lista das escolas particulares

SESC/SENAI

Escola S alia grade curricular básica ao ensino tecnológico e bilíngue

Colégio Energia

Líder em aprovação, Energia acumula 25 anos de credibilidade, qualidade e inovação



Blogs

Blog da Ale Francoise

Intestino Permeável, você tem?

Blog do JC

Instagram de controlador da prefa de Penha é hackeado

A bordo do esporte

Contagem regressiva de sete meses para a Globe 40

Blog Doutor Multas

Recurso suspensão CNH: como fazer?

Blog do Ton

Líbere Fashion Show

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Rodrigo Fernandes

"Os jovens, com certeza, têm a capacidade e o potencial de mudar o resultado de uma eleição”

Érica Becker e Pedro Junger

“Já tem dados que comprovam que o ser humano está ingerindo o próprio plástico que insere nos oceanos”, Érika Becker

Ciro Gomes

"O brasileiro tá pagando agora o preço do derivado de petróleo, da gasolina, em dólar”

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯