Matérias | Geral


Reforma da previdência

Segurança anuncia paralisação em toda SC

Assembleia dos trabalhadores aconteceu nesta terça-feira, em Floripa

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Protesto começou em frente da Alesc e seguiu até as pontes que dividem a ilha do continente (Fotos Divulgação RCN e GM)


Policiais civis, penais e agentes do Instituto Geral de Perícias aprovaram em uma assembleia geral de trabalhadores, na terça-feira, o início da chamada “operação Padrão”. Toda as atividades ligadas às forças de segurança devem ocorrer em um ritmo “tartaruga”, praticamente paralisando os serviços.


A decisão foi tomada no acampamento montado em frente à assembleia legislativa, no centro de Florianópolis. O ato é um protesto contra a proposta de reforma da Previdência enviado pelo governo do Estado à Alesc e que muda o tempo e a contribuição dos servidores para a aposentadoria.

Continua depois da publicidade



A orientação dos sindicatos e associações é para que os servidores prossigam com a recusa de acesso de novos presos nas unidades prisionais, negativa de liberação de equipamentos, limitação na condução de viaturas, limitação da permanência de presos nas centrais de flagrante e paralisação de operações por falta de efetivo. “Fomos enganados pelo governo do Estado”, disse a presidente da Associação dos delegados, Vivian Selig.

Ferdinando Gregório, presidente do sindicato dos Policiais Penais e Agentes Prisionais,informou na segunda -feira que as unidades prisionais não receberiam novos presos a partir de terça.

O motivo alegado seria a superlotação. Logo após o encontro em frente a Alesc, os servidores seguiram em passeata até as pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles. As pontes chegaram a ficar interditadas.

Sobre a reforma da previdência, o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, disse que o debate  vai enriquecer o projeto. “Mas o governo não assume o compromisso de mudar o ponto A ou B, mas de acompanhar de maneira subsidiária o trabalho do parlamento. Precisamos dialogar até 4 de agosto, data em que a reforma será votada”, informou Eron. O governo também acompanha a manifestação dos servidores e diz que continuará o diálogo pra encontrar soluções que evitem prejuízos aos catarinenses.

Continua depois da publicidade





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.204.48.69

TV DIARINHO


Entrevistão com Jorginho Mello Senador PL



Podcast

Entrevistão com Jorginho Mello Senador PL

Publicado 23/07/2021 23:58



Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela larga com 81 barcos

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: o que é e vale a pena contratar?

Blog do JC

Parabéns CDL!

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯