Matérias | Polícia


Investigação em Balneário

Cadelinha prenha pode ter sido vítima de ritual macabro

Caso causou comoção nas redes sociais; corpo do animal foi largado com uma garrafa e vários nomes escritos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Polícia Civil já identificou o acusado e aguarda laudo para confirmar crime Foto: Divulgação

A morte de uma cadelinha prenha no bairro Estaleirinho, em Balneário Camboriú, chocou moradores e entidades defensoras dos animais. A cadela foi encontrada já sem vida no meio do mato, em uma cena que parece ser de um ritual macabro nesta quinta-feira. Segundo a polícia Civil, junto do corpo estavam vários nomes de pessoas impressos em pedaços de papel e uma garrafinha.


O responsável já foi identificado e, segundo testemunhas, disse que o caso se tratou de morte natural. Ele teria admitido que levou o animal já sem vida até o local, na rua Anaor Romário da Silva, mas negou envolvimento num suposto ritual. A polícia aguarda a conclusão do laudo veterinário para confirmar as causas da morte do animal. Se for confirmado que a cadela foi assassinada, o homem será indiciado pelo crime de maus tratos.

Continua depois da publicidade



O corpo foi recolhido pela guarda Municipal Ambiental e levado para a Ong Viva Bicho, onde a veterinária da organização está trabalhando em uma necropsia para emitir o laudo da morte. O documento deve ser finalizado e entregue à polícia na segunda-feira. 

A polícia Civil começou a investigar o caso e chegou até o responsável, que levou a cadela até o mato em um Fusca branco.

“Assim, de posse do laudo veterinário que indique a existência de crime, contraditando a versão de morte natural do animal que o suspeito teria apresentado, o inquérito policial será instaurado”, informou em nota o delegado Ricardo Marcelo Casarolli, responsável pelo caso. A pena prevista para esse tipo de crime é de detenção, de três meses a um ano, e  maismulta.

Mais casos na semana

Continua depois da publicidade



A morte da cadela não foi o único caso relacionado a maus tratos de animais que aconteceu em Balneário Camboriú nesta semana. Segundo Patrícia Ferreira, diretora da Ong Viva Bicho, dois cachorros foram acolhidos pela entidade para tratamento veterinário depois de muita judiação.

O primeiro caso envolveu o famoso Negão, cão comunitário do bairro Laranjeiras, que foi socorrido pela guarda Ambiental. A denúncia é que ele foi vítima de um morador de rua que amarra os animais próximo das suas coisas em um matagal, sem água e comida por dias, até finalmente soltá-lo. Negão foi encontrado na praia, muito debilitado, sem conseguir nem ficar em pé. A situação comoveu a comunidade, já que ele é muito conhecido entre os moradores daquela região.

Outro caso envolve o cão de um morador de rua do centro, que na madruga de quinta-feira foi espancado com um pedaço de madeira, em uma briga envolvendo a pessoa que ele acompanha e outros moradores de rua. O dog teve uma pata quebrada, foi resgatado e também está sendo atendido pela Viva Bicho.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.235.56.11

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Dia decisivo para RS:X em Tóquio; Scheidt volta a competir

Blog do JC

Bolo sem açúcar

Blog Doutor Multas

Cassação do direito de dirigir: dúvidas frequentes

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯