Matérias | Geral


Sem quarentena

Suíça libera entrada de brasileiros vacinados

Medida autorizou a entrada de turistas do Brasil sem a necessidade de testes ou do período de isolamento

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

É o primeiro país da Europa a liberar a entrada de brasileiros (foto: divulgação)

Brasileiros vacinados contra a covid-19 estão liberados pra entrar na Suíça desde sábado. A liberação foi autorizada pelo órgão suíço de turismo, permitindo a entrada de turistas brasileiros sem a necessidade de realizar testes ou ficar em quarentena após o desembarque no país.


Com a medida, a Suíça é o primeiro país da Europa a abrir a fronteira pra brasileiros vacinados pela maioria das vacinas disponíveis e sem quarentena. Os turistas brasileiros estão entre ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Com a medida, a Suíça é o primeiro país da Europa a abrir a fronteira pra brasileiros vacinados pela maioria das vacinas disponíveis e sem quarentena. Os turistas brasileiros estão entre os que mais gastam nas viagens à Suíça, que busca retomar as atividades turísticas.

Continua depois da publicidade



A liberação vale pra todos os passageiros que já receberam todas as doses das vacinas da Pfizer/BioNTech, Oxford/AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm ou Sinovac/Coronavac. Ainda não estão incluídas os vacinados com a Sputnik V ou a Covaxin.

O passageiro deve apresentar o comprovante de vacinação junto com o passaporte pra ter a entrada autorizada. O comprovante precisa constar, além de dados pessoais, o nome da vacina recebida, local e data da vacinação. Para voltar ao Brasil, o turista terá que apresentar teste PCR negativo, seguindo normas do governo federal.

Brasileiros ainda não vacinados, que não se contaminaram ou em recuperação não podem entrar na Suíça, mesmo com apresentação de teste negativo. O motivo é que o Brasil ainda se encontra em situação de risco epidemiológico pelos casos de contágio e circulação de novas variantes. Novas regras de flexibilização estão sendo estabelecidas pelo escritório de turismo suíço para liberação de novos grupos.

Outros países da Europa, como Espanha, França e Grécia, já abriram as fronteiras pra estrangeiros vacinados, mas o Brasil ainda segue fora da lista de permissões. A Islândia abriu pra turistas vacinados de todos os países, mas no caso de brasileiros a liberação é só pra quem recebeu as doses da AstraZeneca ou da Pfizer. No Reino Unido, a entrada de brasileiros, vacinados ou não, continua proibida.

Continua depois da publicidade



Os Estados Unidos também seguem fechados pra passageiros vindos do Brasil, com exceções pra estudantes e jornalistas, sob restrições. A reabertura das fronteiras está sendo discutida.

Na América Latina, Argentina, Uruguai e Chile mantêm suspensão de voos do Brasil. A Colômbia abriu pra brasileiros em maio, com exigência de teste até 96 horas antes do embarque. No México, a entrada é permitida sem testes ou vacinação, mas pode haver exigência de quarentena em alguns casos.

Rotas com restrições

Devido às restrições nas rotas áreas internacionais em diversos países e às exigências de viagem decorrentes da pandemia, o ministério das Relações Exteriores não recomenda viagens de brasileiros para fora do país e alerta que as condições para o retorno de brasileiros ao Brasil também estão difíceis.

Para viagens ao exterior, as regras preveem apresentação de testes PCR antes do embarque. Conforme o destino, o exame precisa ser de 48, 72 ou 96 horas antes do voo. Os passageiros também precisam considerar despesas para o caso de quarentena ao desembarcar no país de destino, onde novos testes são exigidos, ou tempo maior de espera na liberação.

O governo federal orienta os brasileiros que planejam viajar que consultem previamente junto à embaixada do país de destino sobre as restrições e exigências atualizadas. A orientação também vale para os países onde o voo fará conexões. Para viagens de retorno ao Brasil, é obrigatório apresentar teste PCR negativo feito 72 horas antes do embarque para o país, além da declaração de Saúde do Viajante.

Países com mudanças

Passageiros de voos da América do Sul para o Panamá, seja pra desembarque ou conexão, devem apresentar no embarque teste PCR ou antígeno negativo pra covid-19, feito 48 horas antes do voo. Antes do registro no serviço de imigração no Panamá, o passageiro deverá fazer um exame, com taxa de 85 dólares.

Mesmo que o resultado seja negativo, o visitante terá que cumprir isolamento mínimo de três dias, em casa de residentes ou em hotel de vigilância custeado pelo governo. Após o período é feito novo teste. Se for negativo, o passageiro é liberado. Se for positivo, é feito exame de PCR e determinada quarentena de 14 dias.

Na Croácia, a exigência para entrada de brasileiros são teste PCR 48 horas antes da chegada, contadas do momento da coleta do material pra exame e não do resultado. O prazo de 72 horas é apenas para moradores dos países da União Europeia. A Croácia também exige quarentena dos passageiros, mesma medida adotada pela Turquia, com isolamento de 14 dias para brasileiros.

Nas viagens para a Irlanda, o governo retirou a necessidade de visto para brasileiros entrarem no país. Outras exigências continuam válidas, entre quarentena de 14 dias em hotel credenciado e apresentação de teste PCR negativo feito até 72 horas antes da viagem. O passageiro ainda passará por outros dois testes durante o período de quarentena.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





35.172.223.30

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 27/07/2021

Publicado 27/07/2021 20:32



Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela volta com regatas entre boias

Blog do JC

Se presidente vetar o Fundão, Centrão defende volta de doações empresariais

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: o que é e vale a pena contratar?

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯