Matérias | Especial


Vila Operária

Bar da Iolanda tem 30 anos de tradição

Itajaiense, de 94 anos, toca pessoalmente o negócio

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Dona Iolanda mantém clientes há 30 anos (Crédito: Joca Baggio)

Aos 94 anos, dona Iolanda Pinto Esteves administra um pequeno bar no andar térreo do Clube da Vila, na rua José Eugênio Muller. Lúcida, de bem com a vida e ciente das transformações que o planeta vem sofrendo, sobre uma pequena mesa plástica amarela, ela reúne seus cadernos com anotações de clientes que, há décadas, frequentam o bar, alguns trocados, uma garrafa térmica com café, uma caneca e um pacote de bolacha Maisena. E como não poderia deixar de ser, um exemplar do DIARINHO. O local comercializa o jornal e ela se diz leitora desde as primeiras edições – há 42 anos.


Porém, a experiência de Iolanda com o comércio é bem anterior ao atual endereço. Ela nasceu e cresceu na Vila Operária e seus familiares tiveram uma pequena mercearia desde a sua juventude. Se casou ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Porém, a experiência de Iolanda com o comércio é bem anterior ao atual endereço. Ela nasceu e cresceu na Vila Operária e seus familiares tiveram uma pequena mercearia desde a sua juventude. Se casou, teve uma única filha e deu continuidade ao negócio praticamente sozinha. Perdeu o marido cedo. Só que, com o surgimento dos supermercados, Iolanda precisou se adequar à nova realidade.

Continua depois da publicidade



“No bar, as pessoas sempre vêm, independentemente do tamanho”, conta a comerciante, orgulhosa da sua clientela fiel. “Tenho clientes que frequentam o bar há mais de 30 anos. E, nos sábados, trazem mulheres, filhos, netos, e fazem música. É uma festa só”, comemora. Realidade que mudou um pouco com a pandemia, mas, segundo a proprietária espera, deve retornar em breve.

E seu amor por Itajaí pode ser visto nas paredes do bar montado em uma sala estreita e comprida. O ambiente está repleto de pequenos quadros com fotografias de diferentes décadas da cidade. É a forma doce de a senhorinha da Vila Operária manter vivas as lembranças da Itajaí de outrora, que povoam sua memória junto com as lembranças dos muitos bailes e carnavais frequentados no Clube da Vila. Há ainda as demonstrações de amor dos itajaienses para com ela: bânneres plotados com imagens de diversos natais no “bar da Iolanda”, como é conhecido o estabelecimento.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.235.56.11

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Dia decisivo para RS:X em Tóquio; Scheidt volta a competir

Blog do JC

Bolo sem açúcar

Blog Doutor Multas

Cassação do direito de dirigir: dúvidas frequentes

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯