Matérias | Geral


Fapesp

Tá rolando edição do prêmio de Valorização à Biodiversidade de SC

Pesquisadores e jornalistas podem concorrer

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Tá rolando edição do prêmio de Valorização à Biodiversidade de SC. Foto: divulgação/Fapesp

Após nove anos, vai rolar uma nova edição do prêmio de Valorização da Biodiversidade de Santa Catarina. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) publicou edital, com inscrições abertas até 21 de junho. Podem participar estudantes de pós-graduação, professores, pesquisadores e jornalistas.


A ideia é incentivar pesquisas e produção de conhecimento sobre espécies do ecossistema catarinense. Assim como apoiar a divulgação desses estudos, dando mais visibilidade ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A ideia é incentivar pesquisas e produção de conhecimento sobre espécies do ecossistema catarinense. Assim como apoiar a divulgação desses estudos, dando mais visibilidade aos resultados. 

Continua depois da publicidade



O presidente da fundação, Fábio Zabot Holthausen, reforça a importância da participação de pesquisadores, alunos e jornalistas nessa premiação. “A Fapesc, por meio desta chamada pública, convida todos a inscreverem suas propostas, os seus estudos e as suas reportagens. E, com isso, teremos um grande prêmio aqui em Santa Catarina, dando destaque às pessoas que valorizam nosso ecossistema”, comenta.

São três categorias de premiação. Na Roberto Miguel Klein serão destacados os trabalhos que envolvem a ecologia e a biodiversidade de plantas nativas catarinenses. Já na categoria Raulino Reitz, serão aceitas publicações que tratam da recuperação e da conservação das matas ciliares e atreladas a recursos hídricos. Na categoria Burle Marx, pode se inscrever quem tiver material específico de publicações científicas e jornalísticas relacionadas à biodiversidade urbana e paisagismo ecológico.

Serão nove premiados, que receberão R$ 15 mil cada, mais medalhas e passagens para o Rio de Janeiro para visitar o sítio Roberto Burle Marx e o Jardim Botânico.

Para participar, os jornalistas precisam ter elaborado uma matéria que apresente o resultado de pesquisas relacionadas à biodiversidade. Também é preciso ter o diploma de mestre, título mínimo também exigido para os outros participantes (pesquisadores, professores e alunos).

Continua depois da publicidade



As inscrições para o edital 19/2021 podem ser feitas diretamente na plataforma da Fapesc: www.fapesc.sc.gov.br.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





34.236.187.155

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 16/06/2021

Publicado 16/06/2021 20:58



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

A bordo do esporte

Esquiva Falcão confirma luta em 28 de agosto e prevê mais um nocaute

Blog do JC

Pegou fogo na casa do povo

Blog Clique Diário

Navios na city

Blog Doutor Multas

Multa do bafômetro: valor em 2021 e como recorrer

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯