Matérias | Geral


Pecadinho

Cães resgatados na rodovia estão disponíveis para adoção

Concessionária salvou eles de atropelamentos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



Sabe aqueles animais em situação de risco que, muitas vezes, vemos transitando não BR 101? A maioria é resgatada pela concessionária Arteris Litoral Sul.


Eles passam por cuidados veterinários nas clínicas parceiras e aguardam por um lar. 

Continua depois da publicidade



Para ajudar esses peludinhos a encontrarem novos tutores, a autarquia  iniciou a campanha  #MeAdota que será veiculada ao perfil no Twitter. Hoje são pelo menos 20 cães disponíveis para adoção. São quatro fêmeas e nove machos, de portes variados e de dois a nove anos de idade.

Além dos dogs, a concessionária também já resgatou gatos, cavalos e animais silvestres, como capivaras, corujas, cachorros do mato e até tucanos.

Com a pandemia, o número de animais encontrados nas rodovias – muitos em estado de abandono e fragilizados – cresceu. 

Ao avistar animais em situação de risco, a orientação é acionar a concessionária pelo telefone: 0800-725-1771.

Continua depois da publicidade



A concessionária alerta que o abandono de animais é enquadrado no Artigo 32 da Lei 9605/98, sobre Crimes Ambientais, e que prevê detenção de três meses a dois anos e multa.

Como adotar?

Quando os animais estão saudáveis e prontos para ganhar alta, eles entram na fila de adoção até que alguém interessado apareça. Quem tiver interesse na adoção pode entrar em contato diretamente com os parceiros:

Clínica Ceccato

O contado é feito pelo telefone (47) 99619-7167.  Para adotar, a pessoa deve apresentar um documento pessoal (como RG ou CNH) e assinar um termo de responsabilidade. O horário de atendimento é das 8h às 18h.  O endereço para retirada é na rua Carijós, 556A, bairro Geórgia Paula, em Garuva.

Operações e Resgate Voluntário de Itapema

O contato é feito pelo telefone (47) 99651-9961. Para adotar, a pessoa deve apresentar um documento pessoal (como RG ou CNH) e assinar um termo de responsabilidade. A adoção deve ser realizada das 8h às 18h. O endereço para retirada é na rua 406 H1 88220000, bairro Morretes, em Itapema.

Caso alguém identifique um dos animais como seu, deve apresentar um documento que comprove a propriedade – como, por exemplo, uma foto ou carteira de vacinação.

Confira a lista completa dos peludinhos disponíveis em: https://www.arteris.com.br/noticias/caes-resgatados-pela-arteris-litoral-sul-estao-disponiveis-para-adocao/

#animais#resgatados#lar#rodovia#arterislitoralsul#adoção#santacatarina


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.117.38

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/06/2021

Publicado 23/06/2021 21:20



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

Blog Doutor Multas

Proteção veicular pode ser opção melhor que seguro: entenda os motivos

A bordo do esporte

Designer ilustra equipe olímpica de vela no estilo mangá

Blog do JC

Sonhando com o pai Atanásio

Blog Clique Diário

Pássaros

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯