Matérias | Geral


plantio

“Bosque da Memória” tem ação em Camboriú

Ação de homenagem às vítimas da covid reuniu familiares

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Ação é homenagem às vítimas da covid (Foto: Divulgação)


O sábado, que foi o dia Mundial do Meio Ambiente, foi marcado pelo plantio de mudas de árvores no Bosque da Memória Árvores da Saudade. A ação da prefeitura de Camboriú homenageias vítimas fatais da covid-19 e os profissionais da saúde que atuam na linha de frente da pandemia.


Para Carlos Alexandre Paulassi, o bosque é uma forma de manter viva as lembranças da mãe. “Eu consegui me despedir dela por telefone, antes que a entubassem, mas estar aqui é uma forma de eternizarmos as suas lembranças”, disse.

Continua depois da publicidade



A mãe de Domício Prado Duarte, que foi professora da rede municipal em Camboriú, também foi uma das vítimas fatais da pandemia. “É um momento muito importante, que ficará gravado para sempre em nossas memórias. Não vou a cemitérios, mas com certeza estarei sempre aqui visitando este bosque de memórias”, comentou.

Camboriú teve 143 mortes causadas pela covid. Cada família pode colocar o nome do parente que faleceu pela doença e o dia do falecimento numa plaquinha com a árvore plantada. “Este é um momento simbólico e muito importante para Camboriú. Sabemos que o vírus da covid-19 não escolhe as vítimas por idade, cor, credo ou classe social. No entanto, sabemos que cada qual sente a dor da perda a sua maneira, por isso, só quem perdeu um ente querido sabe o que significa realmente este momento, em que podemos trocar a dor pela saudade”, disse, emocionado, o prefeito Elcio Rogério Kuhnen (MDB), que perdeu o pai vítima da covid.

O bosque de Camboriú é o segundo memorial de Santa Catarina e fica rua Tarci Testoni dos Santos, no centro. Ele pode ser visitado por qualquer pessoa.  Com uma chuva de pétalas de rosas e ao som dos músicos Alejandro Maraude e Alejandro Alarcom, da Escola de Música Harmonia, foram plantadas árvores de  ipê-branco, ipê-amarelo, canafístula, jacarandá-mimoso e manacá-da-serra. A ação foi promovida pela Fundação Municipal do Meio Ambiente e faz parte da campanha Nacional Bosques da Memória realizada em conjunto com o Pacto pela Restauração da Mata Atlântica. A ação teve apoio da Águas de Camboriú.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.235.56.11

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Dia decisivo para RS:X em Tóquio; Scheidt volta a competir

Blog do JC

Bolo sem açúcar

Blog Doutor Multas

Cassação do direito de dirigir: dúvidas frequentes

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯