Matérias | Geral


Contra a covid

Santa Catarina anuncia vacinação por faixa etária

Primeiro grupo será o de 55 a 59 anos; Itapema já deu início à nova etapa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Santa Catarina anuncia vacinação por faixa etária. Foto: Divulgação


Santa Catarina poderá iniciar a vacinação contra a covid-19 por faixa etária. A liberação é imediata e foi possível após o recebimento de 209.750 novas doses de imunizantes na última quarta-feira. Os municípios terão autonomia pra decidir como vão imunizar o público entre 18 e 59 anos. 


Depois que forem completados os grupos prioritários, conforme o Plano Nacional de Imunização, cada cidade poderá avançar na vacinação por grupos etários “conforme critérios estabelecidos, da idade maior para a menor”, diz o documento.

Continua depois da publicidade



Os municípios que tiverem doses suficientes poderão começar pela faixa de 55 a 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim baixando o grupo etário. A estimativa é de que “sobrem” 91 mil doses em todo o estado.

O documento ainda prevê que, para as próximas remessas de vacinas que chegarem a Santa Catarina, haverá um compartilhamento de doses entre os grupos prioritários e a população geral de 18 a 59 anos.

Itapema começou a vacinar

Na região da Amfri, Itapema e Camboriú iniciam a vacinação para adultos de 58 e 59 anos sem comorbidades.

Continua depois da publicidade



Itapema abriu a vacinação para moradores com mais de 59 anos sem comorbidades. Elisa Justino foi a primeira moradora deste grupo a ser vacinada. Os moradores devem fazer o pré-cadastro no site da prefeitura (www.itapema.sc.gov.br). As equipes ligam pra agendar  o dia e horário da imunização, que acontece na UBS Gastão, no final da rua 420, no bairro Morretes.

Já Camboriú começa nesta sexta-feira e sábado, das 9h às 17h, a aplicação de doses em pessoas com mais de 58 sem comorbidades. A imunização é no formato mutirão de carros na Policlínica, na rua Porto Alegre, nº 300, no Centro.

Brasil vai receber doações de vacinas dos Estados Unidos

O Brasil foi incluído na lista de países que vão receber dos Estados Unidos parte do primeiro lote de vacinas doadas contra a covid-19. A novidade foi anunciada na quinta-feira. Ao todo, serão 80 milhões de imunizantes doados para todo o mundo. 

São 25 milhões de doses distribuídas no primeiro lote e outras 19 milhões que serão alocadas pela Covax, consórcio da Organização Mundial da Saúde. 

A expectativa é que doses da AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson comecem a ser distribuídas até o final do mês de junho. Ao todo, seis milhões virão para a América do Sul e Central, divididas entre Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador e outros países próximos.  Há ainda sete milhões de doses destinadas pra Ásia e seis milhões distribuídas entre parceiros regionais dos EUA.

 

VacinaçãoCovidSantaCatarinaGruposPrioritários


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.170.171

TV DIARINHO


Vem aí: Itajaí, sua linda! Acompanhe a série de vídeos que é um presente de aniversário a Itajaí. Na ...



Podcast

Minuto DIARINHO 11/06/2021

Publicado 11/06/2021 21:26



Especiais

Números

Itajaí investe R$ 98 milhões no enfrentamento à pandemia

Compras seguras

Comércios e serviços garantem protocolos sanitários

Navegantes 

Enfrentamento à pandemia é desafio

Para não errar

Máscaras caseira, cirúrgica e N95: quando usá-las?

Análise

Vacina é solução e não milagre



Blogs

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2021 está confirmada

Blog do JC

Vereador Kaká garante mais de dois milhões em emendas

Blog Doutor Multas

Recurso de multa por estacionar no acostamento

Blog Clique Diário

Exposição Itajaí em Imagens

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯