Matérias | Geral


NAVEGANTES

Aeroporto não reforçou medidas contra variantes

Passageiro relata que terminal local não confere nem temperatura

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Medidas básicas no terminal envolvem apenas fiscalização de máscaras, orientações e ações contra aglomeração (Foto: Reprodução/Infraero)


O aeroporto de Navegantes não anunciou nenhuma medida adicional de restrições no terminal visando conter a chegada de variantes da covid-19 na região, principalmente a nova variante indiana, já confirmada no Brasil e na Argentina.


O administrador Pedro Márcio Rodrigues, de 38 anos, morador de Itajaí, relata que usou o aeroporto em maio e na ocasião nem medidas básicas como medição de temperatura e uso de álcool em gel estavam sendo adotadas. Ele estava vindo de uma viagem de São Paulo.

Continua depois da publicidade



“Usei o aeroporto de Navegantes várias vezes ano passado e este ano e não tinha nada de controle de febre, nem protocolos para evitar entrada de pessoas contaminadas, nem no embarque e nem no desembarque”, denunciou.

Pedro fez o alerta da falta de cuidados esta semana, considerando que domingo passado um morador de Santa Catarina foi barrado no controle sanitário do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O passageiro foi confirmado com febre e passou por teste de covid, sendo levado para um hotel onde ficaria em isolamento como medida preventiva até o resultado da testagem.

A assessoria do aeroporto de Navegantes afirma que adota o “protocolo padrão para todos os aeroportos da Infraero”, mas não informou quais medidas estão sendo feitas no terminal navegantino.

Conforme a assessoria da Infraero, a empresa vem aplicando os protocolos sanitários definidos pela agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de forma padronizada em todos os aeroportos controlados pela estatal. O “protocolo-padrão” prevê fiscalização do uso de máscara, disponibilização de álcool em gel, divulgação de orientações e ações contra aglomeração.

Continua depois da publicidade



Medidas adicionais, como as barreiras sanitárias em Congonhas, dependeriam de prefeituras e governos estaduais. “A empresa está à disposição para colaborar com medidas adicionais julgadas necessárias pelos órgãos sanitários públicos dos estados e municípios, a exemplo de implementação de barreiras sanitárias nas áreas de desembarque sob gestão daqueles órgãos”, ressaltou.

Grupo de prefeitos pede barreiras sanitárias em aeroportos

Um grupo de 15 prefeitos de cidades que tem aeroportos com voos internacionais defendeu, em reunião da frente Nacional de Prefeitos (FNP) na terça-feira, a instalação de barreiras sanitárias nos terminais para impedir a entrada de novas variantes da covid no país. Em Santa Catarina, apenas Florianópolis está no grupo. A prefeitura de Navegantes ainda não respondeu se também vai defender a medida.

A ideia é que a Anac, Anvisa e o ministério da Saúde adotem ações efetivas pra controle da doença nos aeroportos e que seja criado um protocolo nacional de cuidados com os viajantes que chegam nos terminais. O pedido ainda será oficializado aos órgãos federais. O grupo ainda pede uma reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pra discutir o assunto.

A mobilização é liderada pelo prefeito de Campinas e vice-presidente da FNP, Dario Saadi, e pelo prefeito de Guarulhos, Gustavo Costa. Eles destacam que as barreiras evitariam medidas mais drásticas nos aeroportos, como a suspensão de voos.

Com o controle sanitário, os passageiros seriam testados no desembarque. Pessoas com resultados positivos, negativos ou com sintomas respiratórios deverão ficar em quarentena por 14 dias, informando o local de isolamento. O pedido prevê ainda portarias que atualizem os protocolos das barreiras na origem dos voos, pra que só embarquem ao Brasil passageiros com testes negativos.

A lista das cidades com aeroportos que pediram as barreiras é: Belém (PA), Campinas (SP), Confins (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Guarulhos (SP), Maceió (AL), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Gonçalo do Amarante (RN) e São Paulo (SP).



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





35.172.223.30

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 27/07/2021

Publicado 27/07/2021 20:32



Especiais

Referência

Balneário Shopping é porta de entrada de grandes marcas

Boas compras

Diversidade e qualidade caracterizam o comércio de Balneário Camboriú

Uma nova BC

Investimentos públicos pesados para a retomada da economia

Cartão postal de Balneário Camboriú

Roda-gigante mudou a paisagem para sempre

Parque Unipraias

Tedesco é pioneiro no turismo de BC



Blogs

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela volta com regatas entre boias

Blog do JC

Se presidente vetar o Fundão, Centrão defende volta de doações empresariais

Blog da Ale Francoise

Dê olho na sua saúde!

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: o que é e vale a pena contratar?

Blog Clique Diário

Retornando...

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Blog do Ton

One of a Kind: coleção inédita será apresentada pela joalheira Cristina Pessoa durante evento na Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”

André Gobbo

"Eu tenho absoluta certeza que estamos formando profissionais para o presente e para o futuro”

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯