Matérias | Polícia


BALNEÁRIO

Invadiu salão com carro pra tentar matar a ex

Mulher tava trancada no banheiro quando o cara invadiu o salão com Peugeot

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Homem entrou com carro e tudo no salão da ex-companheira (Leitor)



Um homem de 32 anos invadiu com o carro o salão de beleza da ex-esposa na tentativa de matá-la. A tentativa de feminicídio ocorreu por volta das 16h de terça-feira, na avenida Palestina, no bairro das Nações, em Balneário Camboriú.


O ex-marido A.L.S. chegou ao salão fazendo ameaças. Ele começou a bater na porta pra tentar entrar. A mulher, ao perceber que poderia ser agredida, se trancou no banheiro e ligou para ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O ex-marido A.L.S. chegou ao salão fazendo ameaças. Ele começou a bater na porta pra tentar entrar. A mulher, ao perceber que poderia ser agredida, se trancou no banheiro e ligou para a emergência da polícia Militar.

Continua depois da publicidade



Antes de o socorro chegar, o cara embarcou num Peugeot 208 e invadiu o salão de beleza com carro e tudo.

Toda a fachada de vidro do salão foi detonada. A PM encontrou o homem com o carro dentro do salão, manobrando o veículo para frente e para trás.

Os policiais militares, com as armas em punho, mandaram o cara sair do carro com as mãos pro alto e se entregar. O homem não resistiu à prisão. Ele se deitou no chão, em frente ao salão, para ser algemado e preso.

Sem feridos

Continua depois da publicidade



Apesar da violência do acidente, ninguém se feriu. A vítima, de 43 anos, tem uma medida protetiva contra o ex-marido desde o início de abril. Essa é a terceira vez que ele tenta matar a ex, com quem foi casado por quatro anos.

A.L.S. estava chapado com remédios controlados e foi levado pro hospital. O delegado Maurício Pretto diz que ele será indiciado por tentativa de feminicídio, descumprimento de medida protetiva e dano ao patrimônio.

Preso acusado de torturar mulher até a morte

Um homem de 32 anos foi preso pela polícia Militar, por volta das 20h de segunda-feira, na rua Ariribá, no bairro Tabuleiro, em Camboriú.

Segundo a polícia, ele tinha uma ordem  de prisão por homicídio  expedida pela polícia de Mato Grosso.

O cara estava foragido desde outubro de 2019. Ele é acusado de ter torturado uma mulher, de 27 anos, até a morte, no bairro Vila Real, em Cáceres. O homem foi levado pro cadeião da Canhanduba, onde ficará à disposição da Justiça.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.117.38

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/06/2021

Publicado 23/06/2021 21:20



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

Blog Doutor Multas

Proteção veicular pode ser opção melhor que seguro: entenda os motivos

A bordo do esporte

Designer ilustra equipe olímpica de vela no estilo mangá

Blog do JC

Sonhando com o pai Atanásio

Blog Clique Diário

Pássaros

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯