Matérias | Geral


FERIADO

Lojas e mercados fechados em Itajaí no Dia do Trabalhador

Em BC, lojas e supermercados têm que pagar taxas extras pra abrirem as portas

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Sábado será de portas fechadas em Itajaí; Balneário poderá atender desde que comércios sigam as regras da convenção coletiva de trabalho (Foto: Arquivo)


Itajaí e Balneário Camboriú têm diretrizes diferentes sobre o funcionamento do comércio no feriado de 1º de Maio, Dia do Trabalhador. Em Balneário Camboriú, o estabelecimento que pagar taxas extras e o dia trabalhado ao funcionário poderá atender aos clientes. Já em  Itajaí, lojas, shoppings e supermercados estão impedidos de abrir por decisão do sindicato dos comerciários.


Uma reunião do sindicato dos Empregados no Comércio de Itajaí e Região e o sindicato patronal do comércio  definiu que o feriado de 1º de Maio,  próximo sábado, será com o comércio de portas fechadas em Balneário Piçarras, Penha, Navegantes, Itajaí, ilhota e Luiz Alves.

Continua depois da publicidade



Paulo Ladwig, presidente do sindicato dos empregados, explicou que ocorreram reuniões e que o pedido dos donos de supermercados era para a abertura dos comércios e mercados. “O sindicato patronal tentou nos convencer, mas o nosso entendimento é que o setor dos supermercados não fechou na pandemia, desde março de 2020. Vários setores do comércio ficaram fechados por vários dias, mas o de supermercados não fechou. Não teve acordo para abrir os supermercados e nem comércio no dia 1º de Maio. Os trabalhadores merecem um dia de descanso, ” opinou.

Balneário é diferente

Já em Balneário e Camboriú, o Sindilojas informou que as empresas que quiserem trabalhar no 1º de Maio precisam pagar a taxa de Manutenção da Estrutura Sindical Laboral até o dia 30 de abril.

Os supermercados e minimercados, por exemplo, precisam desembolsar R$ 600. Lojas de materiais de construção e ferragens, rede de lojas de  departamentos, de móveis e eletrodomésticos pagam uma taxa de R$ 400 e as lojas menores pagam R$ 100.

Continua depois da publicidade



Além de pagar a taxa, o estabelecimento precisa pagar uma folga remunerada pro funcionário que trabalhar no feriado e ainda dar um bônus, conforme a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT)2020/2021. “Após muitas reuniões conseguimos de forma excepcional a abertura neste ano por todo o cenário. Assim, as empresas podem abrir recolhendo o valor, conforme as regras ao laboral, como podem optar por não abrir e fazer a folga como feriado”, disse o executivo da Sindilojas, Heder Vieira.

Os estabelecimentos que abrirem sem cumprir as regras poderão ser denunciados e multados por estar em desacordo com a CCT. As denúncias podem  ser feitas no telefone: (47) 3263-6200.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.117.38

TV DIARINHO


Vem aí: Itajaí, sua linda! A partir do dia 14 de junho, na TV DIARINHO e em todas as redes sociais. # ...



Podcast

Minuto DIARINHO 11/06/2021

Publicado 11/06/2021 21:26



Especiais

Números

Itajaí investe R$ 98 milhões no enfrentamento à pandemia

Compras seguras

Comércios e serviços garantem protocolos sanitários

Navegantes 

Enfrentamento à pandemia é desafio

Para não errar

Máscaras caseira, cirúrgica e N95: quando usá-las?

Análise

Vacina é solução e não milagre



Blogs

Blog Clique Diário

BC noturna

Blog do JC

Proteger

Blog Doutor Multas

Multa por não usar cinto de segurança: valores [2021] e como recorrer

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2021 está confirmada

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯