Matérias | Geral


Afogamento

Corpo de Matheus é encontrado

Matheus se afogou na sexta-feira santa na praia da Solidão

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Matheus se afogou na praia da Solidão

Quase uma semana após o afogamento na praia da Solidão, em Itajaí, o corpo do jovem Matheus Henrique, 22 anos, foi encontrado no balneário de Barra do Sul. Os bombeiros resgataram o corpo. O jovem foi reconhecido pelo pai por causa de uma tatuagem no peito.


O corpo foi localizado na manhã de quinta-feira.  A família foi até o Instituto Médico Legal (IML), em Joinville, para fazer o reconhecimento definitivo.

Continua depois da publicidade



Matheus estava com um  grupo de amigos no canto da praia Brava, na sexta-feira da semana passada. O grupo chegou de madrugada para curtir o nascer do sol. Ele entrou no mar para um mergulho e desapareceu por volta das 9h15 da manhã.

Matheus morreu afogado um dia antes de completar 23 anos. Ele morava no bairro São Vicente e trabalhava como entregador de lanches.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.226.76.98

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 22/04/2021

Publicado 22/04/2021 22:04



Blogs

A bordo do esporte

The Ocean Race anuncia nova iniciativa sobre a mudança climática

Blog da Jackie

Novidadeiras

Blog do JC

Aditivo

Blog da Ale Francoise

Fortificante Natural de Uva!

Blog Clique Diário

Primeira Foto do voo inaugural do helicóptero Ingenuity Mars da NASA

Blog Doutor Multas

CNH Bloqueada? Veja o que fazer para regularizar

Blog do Ton

Terrazza Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

Fabrício Oliveira

"Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯