Matérias | Geral


Cliente perde tíquete e paga multa para conseguir tirar carro de supermercado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O engenheiro de software S.C., de 32 anos, procurou o DIARINHO para relatar a dor de cabeça que passou na última terça-feira, no supermercado Angeloni da avenida do Estado Dalmo Vieira, em Balneário Camboriú. Ele perdeu o tíquete do estacionamento e foi impedido de sair do local até pagar uma multa.


De acordo com ele, a multa após a permanência de 10 minutos foi de R$ 15. O cliente reclama que, além do valor cobrado ser alto, o funcionário do estacionamento e o da segurança teriam sido ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






De acordo com ele, a multa após a permanência de 10 minutos foi de R$ 15. O cliente reclama que, além do valor cobrado ser alto, o funcionário do estacionamento e o da segurança teriam sido extremamente grosseiros.

Continua depois da publicidade



“Eu não me neguei a pagar a multa em nenhum momento, desde que fosse fornecida a nota fiscal para que eu acionasse o Procon,” alega o reclamante.

Ao exigir a nota fiscal da “multa” e não ser atendido pelo estabelecimento, o cliente acionou a polícia Militar. Depois disso os funcionários solicitaram os dados e disseram que enviariam a nota fiscal por e-mail.

O consumidor acabou pagando a multa, mas diz que não recebeu comprovante algum. A orientação da polícia foi acionar o Procon.

O Angeloni informou à reportagem que como o estacionamento é um serviço e não um produto, a nota fiscal é emitida pela prefeitura. A prefeitura de Balneário Camboriú tem um prazo de cinco dias úteis pra emitir a a nota fiscal e vai enviar diretamente ao e-mail do cliente. 

Continua depois da publicidade



O Angeloni afirma que as regras relativas ao uso do estacionamento em suas unidades são informadas em placas nas entradas do estacionamento e da loja, incluindo a informação que há uma multa  pela perda do tíquete.

O Procon explica que mesmo sem o comprovante do pagamento da multa o cliente pode procurar o órgão para formalizar a reclamação.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.233.242.204

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/09/2021

Publicado 23/09/2021 20:50



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Linguagem neutra

A bordo do esporte

Fãs disputam em leilão itens históricos e raridades da Stock Car para Instituto Ingo Hoffmann

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯