Matérias | Polícia


Criança sequestrada é encontrada em Floripa

Menina foi resgatada na casa do casal que a roubou da família. Eles foram presos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Uma família do bairro Pacheco, em Palhoça, viveu quase 35 horas de desespero atrás da filha de três anos que foi sequestrada na noite de sexta-feira. A polícia Civil encontrou a criança, na madrugada de domingo, em uma casa no norte da ilha de Floripa. O casal de sequestradores foi preso.


A criança foi sequestrada na casa da família, por volta das 20h de sexta. A mãe da menina foi agredida com pauladas na cabeça e teve que ser hospitalizada. O carro usado no crime era um Gol ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A criança foi sequestrada na casa da família, por volta das 20h de sexta. A mãe da menina foi agredida com pauladas na cabeça e teve que ser hospitalizada. O carro usado no crime era um Gol branco.

Continua depois da publicidade



Desde o sequestro, a polícia Civil montou uma força tarefa pra chegar até os criminosos. A  menina foi encontrada em Florianópolis e o casal preso em flagrante pelo crime de sequestro. A criança estava bem e já foi entregue à família.

A polícia investiga o motivo do sequestro. Uma coletiva à imprensa revelou detalhes do resgate da criança.

Os policiais receberam informações sobre o paradeiro da criança na madrugada de domingo e foram até o bairro Cachoeira do Bom Jesus pra checar. No local encontraram o Gol branco usado pelos sequestradores..

O homem suspeito foi encontrado no térreo da casa. Ele disse pro delegado João Fleury que estava sozinho em casa, mas durante as buscas, a mulher foi encontrada com a criança no colo, no segundo andar da casa.

Continua depois da publicidade



O casal chegou a resistir à prisão. O delegado contou que havia fezes de animais misturadas com roupas de criança no imóvel. “Havia brinquedos macabros, pintados como se fossem de filmes de terror”, contou o delegado Fleury na coletiva aos jornalistas.

O casal já foi interrogado, mas não revelou a motivação do crime. Eles são do Rio Grande do Sul, mas moram em Floripa.

Eles teriam ido pra Palhoça alguns dias antes do sequestro, inclusive conversado com a mãe da criança. “Não dá para afirmar  ainda se havia uma relação entre os suspeitos e a família da vítima,” explicou o delegado Fábio Pereira, que é o responsável pela investigação.

O inquérito policial deve ser finalizado em 10 dias e enviado à justiça. A diretora de polícia da grande Florianópolis, delegada Eliane Chaves, aproveitou a entrevista para fazer recomendações de segurança às famílias. Ela recomenda que fotos de crianças não sejam postadas nas redes sociais para evitar a exposição de menores de idade. 



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.55.22

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 15/09/2021

Publicado 15/09/2021 20:10



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Irmão Maier chegou

A bordo do esporte

Vela mundial perde o diretor de regatas Jack Loyd

Blog Doutor Multas

Multa por dirigir embriagado: entenda como é

Blog do Ton

Siberiano Drink Club

Blog da Ale Francoise

Você conhece os benefícios do cravo?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯