Matérias | Polícia


Sinais causam filas, reclamam motoristas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A instalação de semáforos em frente ao novo supermercado Giassi, no bairro Fazenda, em Itajaí, gerou filas de carros na rodovia Osvaldo Reis. A sinaleira, segundo os motoristas, provoca congestionamentos em horários de pico. “A fila está chegando ao Morro Cortado”, conta Marcos A.


Outro morador gravou um vídeo da fila que mostra tudo parado mesmo com pouco trânsito na rodovia que liga Itajaí a Balneário Camboriú. “Não tem nem trânsito saindo do mercado e já está tudo ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Outro morador gravou um vídeo da fila que mostra tudo parado mesmo com pouco trânsito na rodovia que liga Itajaí a Balneário Camboriú. “Não tem nem trânsito saindo do mercado e já está tudo parado. Triste a modificação que fizeram”, reclama o motorista.

Continua depois da publicidade



O motorista Marcos acredita que a situação vai piorar quando houver a volta das aulas presenciais.  “Tudo tende a piorar com mais trânsito”, alerta.

Para os moradores, a implantação das sinaleiras foi feita sem qualquer planejamento.

A mudança na Osvaldo Reis, em frente ao ginásio Ivo Silveira, começou em outubro. A passarela pra travessia de pedestres foi retirada. No lugar dela foram instalados dois conjuntos de semáforos,  implantadas duas faixas de travessias elevadas para pedestres e ciclistas, uma na esquina com a rua Osni Melo, e outra na esquina com a José Agripino Corbeta, em frente ao mercado.

O canteiro central da Osvaldo Reis foi aberto no trecho para abrigar o retorno com sentido obrigatório por trás do ginásio Ivo Silveira.

Continua depois da publicidade



No sentido Balneário-Itajaí, a rodovia ficou com quatro faixas entre os dois semáforos em frente ao mercado: duas pro fluxo normal, uma de retorno e uma para entrar no mercado.

Sinaleira da Promenac 

A moradora W.K., 48 anos, também reclama das filas formadas em horários de picos pelas sinaleiras em frente da Promenac e na esquina da rua Alfreido Eicke com a Curt Hering, no bairro da Barra do Rio.

Os sinais não estão sincronizados e estão gerando filas em toda a avenida Reinaldo Schmithausen, diariamente, sempre em horário de pico. “Em dia de chuva você é obrigado a ir trabalhar de carro e enfrentar 30 minutos parado na fila”, reclama a motorista.

Na manhã de quinta-feira, a fila de carros começava em frente da Promenac e se estendia pela Schmitausen, até a entrada da rua Jovito Anacleto.

O DIARINHO entrou em contato com a Codetran, que até o fechamento desta edição não deu retorno sobre os problemas bo trânsito nos dois pontos da cidade.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.212.116

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

A bordo do esporte

Atual campeã do L'Étape Brasil by Tour de France espera marcação forte no domingo

Blog do JC

OAB com a sua Cara

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯