Matérias | Geral


MP pede a cassação da chapa do prefeito Volnei

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O ministério Público entrou com uma ação de Investigação Judicial Eleitoral contra a chapa vencedora da eleição em Itajaí, formada por Volnei Morastoni (MDB) e Marcelo Sodré (PDT). A acusação é  abuso de poder político e distribuição gratuita de bens em período eleitoral.


Na ação, ainda não julgada pela Justiça Eleitoral, o MP requer, além da cassação da chapa de Volnei e Sodré, a declaração das inelegibilidades do prefeito Volnei e seu candidato a vice por oito anos ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Na ação, ainda não julgada pela Justiça Eleitoral, o MP requer, além da cassação da chapa de Volnei e Sodré, a declaração das inelegibilidades do prefeito Volnei e seu candidato a vice por oito anos. O pedido de cassação não tem relação com a operação da polícia Federal e do Gaeco, que aconteceram ontem na secretaria Municipal de Fazenda.

Continua depois da publicidade



A cassação é requerida pela  promotora Cristina Balceiro da Motta, que atua na 97ª Zona Eleitoral de Itajaí. A promotora questiona  a distribuição de microchips para aparelhos celulares a 500 famílias de baixa renda que têm alunos matriculados na rede.

A promotora diz que a distribuição foi ilegal por ter sido feita em período eleitoral e usando a mão de obra dos servidores da secretaria de Educação.

A escolha dos beneficiados, segundo o MP,  foi feita sem análise prévia se o aluno já acessava as aulas por outro meio eletrônico. A promotora ressalta  que a distribuição foi uma ação social da Central Única de Favelas (CUFA), mas que este fato teria sido omitido na distribuição.

A promotoria também questiona o relatório contendo porcentagens sobre a letalidade do vírus covid-19, após o uso do medicamento homeopático cânfora, que foi distribuiu à população como uma medida alternativa e preventiva à covid.

Continua depois da publicidade



Segundo a promotora, o MP recomendou ao prefeito alertar que quem tomou a cânfora não obteve qualquer imunização especial, além de frisar a necessidade de que o município ratificasse a importância de manter os cuidados básicos como isolamento social, uso de máscaras e álcool gel.

Ao receber a recomendação, o prefeito respondeu ao MP que a faria a divulgação. No entanto, o prazo para atendimento terminou no dia 6 de novembro, sem qualquer correção da informação, segundo a promotoria.

Os advogados de defesa da coligação Trabalho e Amor Por Itajaí ainda não foram notificados sobre o pedido de cassação. Por desconhecer o processo, os defensores só irão se pronunciar depois de conhecerem as alegações da promotoria.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.55.22

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 15/09/2021

Publicado 15/09/2021 20:10



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Irmão Maier chegou

A bordo do esporte

Vela mundial perde o diretor de regatas Jack Loyd

Blog Doutor Multas

Multa por dirigir embriagado: entenda como é

Blog do Ton

Siberiano Drink Club

Blog da Ale Francoise

Você conhece os benefícios do cravo?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯