Matérias | Geral


Projeto de “praia pet” deve ficar pro ano que vem

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O projeto que previa a criação de “praia pet” em Itajaí deve ser votado na câmara de vereadores só no ano que vem. Um pedido de vistas do vereador Tonho da Grade (PP), aprovado pela maioria dos parlamentares na terça-feira, suspendeu a votação da proposta. O vereador Thiago Morastoni (MDB), autor do projeto, entrou com pedido de urgência pra que a votação ocorresse ainda nesta quinta-feira, dia da última sessão do ano, mas acabou que não rolou.


O projeto será arquivado e deverá ser reapresentado na nova legislatura que começa em 2021. Thiago destacou que está disposto a discutir a ideia, apesar da proposta ter levantado críticas. “ ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O projeto será arquivado e deverá ser reapresentado na nova legislatura que começa em 2021. Thiago destacou que está disposto a discutir a ideia, apesar da proposta ter levantado críticas. “É uma pena que não possamos discutir e votar o tema antes do fim de recesso parlamentar. Tivemos mais manifestações a favor do projeto que contrárias, por isso vou reapresentá-lo já no início da próxima legislatura”, avisou.

Continua depois da publicidade



A ideia é que seja permitida a circulação e permanência de cães, gatos e outros animais de estimação de pequeno porte em praias da cidade, em espaço específico a ser definido pela prefeitura. A sugestão do vereador é que a primeira “praia pet” seja instalada no canto norte da praia de Cabeçudas, ontem os donos de animais já costumam passear com os pets.

O espaço dos animais na faixa de areia seria delimitado pelo município, regulamentando também a presença dos bichinhos no mar. A proposta busca resolver os conflitos entre banhistas e tutores de animais e facilitar a fiscalização, considerando que a presença de pets na praia é hoje proibida por lei.

A área da “praia pet” seria um território livre e legalizado para os bichos. A liberação estaria atrelada a obrigações que os donos dos animais precisarão cumprir, como o recolhimento de dejetos dos bichinhos, uso de guias e focinheiras e carteira de vacinação em dia dos animais banhistas.

Continua depois da publicidade





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.254.246

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira





Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Linguagem neutra

A bordo do esporte

Fãs disputam em leilão itens históricos e raridades da Stock Car para Instituto Ingo Hoffmann

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯