Matérias | Geral


Lei para diminuir circulação de carroças em Itajaí é aprovada em primeira votação

Só em 2020, a prefeitura recebeu 260 denúncias de maus-tratos a animais, 64 foram de cavalos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Itajaí deu o primeiro passo para reduzir de forma gradativa a circulação de carroças por tração animal da cidade. O projeto de lei, aprovado na terça-feira na câmara de vereadores, estabelece um prazo de dois anos para a proibição em definitivo de veículos de tração animal na cidade. A segunda votação acontecerá nesta quinta, às 16h. Em primeira votação, o projeto 259/2019 foi aprovado com 19 votos favoráveis. Não houve votos contrários dos parlamentares ao projeto, apenas a ausência à sessão do vereador Fernando Pegorini (PSL) . A legislação estabelece regras para reduzir, gradativamente, a quantidade de veículos de tração animal . O projeto veda, de imediato, atividades que submetam o animal ao excesso de carga. A legislação considera excesso a carga com peso superior a do animal. A meta é proibir a circulação de qualquer veículo de tração animal em até dois anos. A legislação, além de buscar coibir maus-tratos a animais, também prevê a capacitação profissional para carroceiros e coletores de materiais recicláveis. A legislação prevê o cadastramento social dos condutores, cursos de capacitação para inserção no mercado de trabalho formal, entre outras políticas públicas destinadas aos condutores de carroças. A intenção é que eles possam ser inseridos em ações sociais que possibilitem a mudança da atividade econômica por meio de cooperativas e para o uso de veículos de tração mecânica para a coleta de recicláveis. O projeto de lei ainda passará por segunda votação nesta quinta-feira, às 16h, antes de ser encaminhado ao executivo para sanção do prefeito Volnei Morastoni (MDB). As sessões na câmara de vereadores estão acontecendo de forma mista, ou seja, com metade do dos vereadores votando de forma online e o restante de forma presencial. Denúncias de maus tratos O projeto é do executivo de Itajaí e atende pedidos da comunidade, com as recorrentes denúncias de animais maltratados, submetidos a condições degradantes e de sofrimento, como falta de água e de alimentação adequada, ausência de ferradura nas patas e de outros cuidados veterinários. Só em 2020, o Instituto Itajaí Sustentável (INIS) recebeu 260 denúncias de maus-tratos a animais, 64 foram de maus tratos a cavalos. O INIS recolheu 31 cavalos maltratados em 2020. No início da semana passada, a guarda Municipal de Itajaí e o instituto socorreram um cavalo vítima de maus tratos, no bairro Cordeiros. Ele estava com sinais de subnutrição, lesões na pele e hemorragia. O animal morreu na rua antes da chegada do atendimento veterinário. Poucas horas após o ocorrido, o proprietário do animal foi localizado e conduzido à Central de Plantão Policial. Ele foi responsabilizado pela judiação.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.237.2.4

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/09/2021

Publicado 23/09/2021 20:50



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Linguagem neutra

A bordo do esporte

Fãs disputam em leilão itens históricos e raridades da Stock Car para Instituto Ingo Hoffmann

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯