Matérias | Geral


Novo decreto regulamenta volta do ensino presencial em SC

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O governo estadual publicou o decreto que regulamenta a volta do ensino presencial em Santa Catarina, com base na lei aprovada pela assembleia Legislativa e já sancionada pelo governador, que considerou a educação como serviço essencial. As medidas sanitárias da regulamentação seguem o plano de Contingência da Educação (PlanCon). Conforme o decreto, as atividades educacionais presenciais ficam limitadas a até 50% das matrículas ativas por turno de atendimento da escola. A norma vale pra unidades nas regiões em nível gravíssimo, que devem seguir os regramentos sanitários estabelecidos conforme o mapa de risco de covid-19. O número de matrículas ativas por turno deve constar em aviso na entrada da escola. Para escolas em regiões com risco moderado, alto ou grave, não há o limite de matrículas, desde que sejam respeitadas as normas sanitárias. O documento também traz os protocolos de segurança para o retorno das atividades presenciais a partir do primeiro dia do ano letivo de 2021. “Cada rede de ensino, pública e privada, definirá a estratégia de retorno e a forma de atendimento presencial, considerando todas as medidas sanitárias em vigor e o distanciamento social de, no mínimo, 1,5 metro”, informa o decreto. As regras deverão constar no plano de contingência de cada escola. O retorno das aulas continua condicionado à homologação dos planos pelos comitês municipais. Normas pra pessoas do grupo de risco e bibliotecas Estudantes e servidores do grupo de risco devem ser mantidos em atividades remotas, segundo o decreto. Pais ou responsáveis legais pelo aluno podem optar por manter o modelo de aulas online, quando a escola oferecer, mediante a assinatura de termo de responsabilidade junto à unidade de ensino. As bibliotecas escolares funcionarão no estado com até 50% de ocupação, quando o risco pra covid estiver em nível gravíssimo; com até 75% de ocupação, quando o risco for grave; e ocupação total, quando o nível estiver alto ou moderado. O decreto envolve atividades presenciais de educação nas redes pública e privada; municipal, estadual e federal, relacionadas à educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de Jovens e Adultos (EJA), ensino técnico, ensino superior e afins no estado de Santa Catarina.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.212.116

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

A bordo do esporte

Atual campeã do L'Étape Brasil by Tour de France espera marcação forte no domingo

Blog do JC

OAB com a sua Cara

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯