Matérias | Geral


Projeto local quer tornar a prática de Yôga acessível a todos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Em tempos de isolamento social forçado pela pandemia, o casal Raphaela Moreira e Jerônimo Rocha, de Camboriú, lançou um projeto pioneiro de aulas online de Yôga pelo Instagram. Conforme os idealizadores, seria a primeira escola de Yôga online e ao vivo do mundo pela rede social. A proposta visa democratizar a prática da atividade, com preços acessíveis e planos de exercícios que podem ser feitos em casa ou onde o aluno quiser. Segundo Raphaela Moreira, influenciadora digital que toca a parte comercial e de marketing da escola, as aulas eram feitas em Balneário Camboriú, mas quando surgiu a pandemia, houve a migração pro online, com boa aceitação do público. As aulas são ministradas pelo marido de Raphaela, que tem mais de 20 anos de experiência. Juntos, o casal criou os perfis @yogalivee, que reúne as informações do projeto, e @yogaliveeteam, por onde são transmitidas as aulas. “É uma aula por dia ao vivo, todos os dias, onde visamos democratizar o sistema. Geralmente Yôga era coisa de classes mais altas e, nesse modelo on-line, conseguimos cobrar um real por dia”, explica. O plano mensal é de R$ 29,90, com acesso a todo o conteúdo e práticas pra iniciantes, intermediário ou avançado, além de acompanhamento da evolução do aluno. “Ainda temos uma grande missão. Quando chegarmos a 100 mil alunos, nossa mensalidade cairá pra 1 real por mês”, adianta Raphaela. “Porque acreditamos que o Yôga transforma e tem que ser uma ferramenta social”, argumenta. O instrutor Jerônimo Rocha tb conta que o Yôga tem se tornado uma disciplina com demanda cada vez maior devido aos benefícios, mas ainda esbarra em preços altos e falta de qualificação. “Nossa missão é tornar o Yôga em um hábito possível e acessível para todos, com excelente custo-benefício e aulas no conforto e segurança de casa, através das lives do Instagram", comenta. O contato com a escola para matrículas e informações pode ser feita por mensagem direta pelo Instagram @yogalivee. A escola indica que o aluno seja maior de 16 anos e esteja saudável para praticar atividade física. Linha clássica Raphaela explica que o Yôga praticado pela escola e presente no Brasil e mundo é diferente da linha do “Ioga”, uma modalidade específica que só existe no Brasil, incrementada com técnicas de ginástica. Ela lembra que o Ioga foi fundado por um brasileiro e ensina de outras formas os princípios do Yôga. As vertentes da prática são tratadas em postagens do projeto. A escola do casal trabalha com técnicas corporais do Yôga antigo, somando mais de duas mil técnicas criativas clássicas que favorecem a saúde física e mental. Além de exercícios físicos, as atividades incluem exercícios mentais que, com a prática regular, desenvolvem o equilíbrio emocional e a força psicológica e são capazes de ajudar nas relações sociais das pessoas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.212.116

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira





Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

A bordo do esporte

Atual campeã do L'Étape Brasil by Tour de France espera marcação forte no domingo

Blog do JC

OAB com a sua Cara

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯