Matérias | Geral


SC em alerta máximo pra covid-19

Governo do estado anuncia toque de recolher e novas restrições pra tentar frear o avanço da pandemia no estado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



 


Continua depois da publicidade



mapa de Santa Catarina está todo vermelho, em alerta gravíssimo, pro risco de covid-19. Com o avanço da doença, novas medidas restritivas foram tomadas pelo governo do estado, entre elas o toque de recolher por 15 dias em toda Santa Catarina. O horário do toque de recolher ainda não foi informado.

Pela Matriz de Risco Potencial divulgada ontem pelo governo do estado, 15 das 16 regiões classificadas pela saúde estão em alerta gravíssimo. Da semana passada para esta, a situação ficou mais grave nas regiões do Alto Uruguai e na nossa região da foz do rio Itajaí. As duas regiões estavam em estado grave e agora passaram pra gravíssimo.

Somente o extremo oeste segue em nível grave – representado pela cor laranja no mapa da covid.

A taxa de transmissão da doença também está gravíssima em 14 regiões do estado. Ainda de acordo com a matriz, apenas as regiões do planalto norte e extremos oeste não tiveram o aumento no número de óbitos.

Continua depois da publicidade



UTIs lotadas

No índice que mede a capacidade de atenção, que  é a taxa de ocupação de UTIs, houve um aumento significativo na região de Itajaí. Na semana passada, a Amfri estava como risco moderado (cor azul) e agora está em gravíssimo.

A UTI do centro Municipal de Covid de Balneário Camboriú está com ocupação de 90%, com apenas três leitos vagos. O hospital Marieta está com 88% da UTI ocupada, restando sete leitos.

Já em Santa Catarina, a taxa de ocupação da UTI do SUS estava em 85,7%  ontem, restando somente 207 leitos vagos.  O estado tem 1448 leitos de UTI, sendo que 1241 estão ocupados.

Pra desafogar o sistema de saúde, foi firmado o compromisso do repasse de R$ 44 milhões até 31 de dezembro deste ano para a reativação imediata de 205 leitos de UTI para tratamento da doença. 

Desde o dia 24 de novembro, data de divulgação da última matriz de risco, Santa Catarina somou 46.545 novos casos e 325 óbitos causados pela covid-19. Desde o início da pandemia, o estado teve 378.621 casos confirmados e 3855 óbitos causados pela doença.

SC terá toque de recolher por 15 dias

O governador Carlos Moisés tomou a primeira medida pra  conter o avanço da covid: Santa Catarina vai ter toque de recolher em todas as regiões. Até o fechamento desta matéria, o decreto que definiria os horários do toque de recolher não tinha sido publicado ainda. 

Prefeitos que são representantes da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e o governador Carlos Moisés se reuniram para definir as medidas mais restritivas para o enfrentamento da pandemia.

Em comum acordo com os prefeitos das 21 maiores cidades catarinenses, o governador optou pela implementação de um “toque de recolher” durante a madrugada e pela manutenção do transporte coletivo, desde que seja respeitada a ocupação máxima de 70% da capacidade dos ônibus. 

As medidas valerão por um período de 15 dias, a partir da data de publicação do decreto. Também será tornado obrigatório o uso da máscara em todos os ambientes, com exceção nas casas particulares dos moradores.

Segundo o governador, as medidas têm o objetivo de frear o avanço da doença ao mesmo em que mantêm as atividades econômicas funcionando.  Medidas semelhantes foram adotadas nos estados do Paraná e do Rio Grande do Sul.

Itajaí, BC, Itapema e Camboriú somam mais mortes

A região da Amfri continua registrando mortes diárias causadas pela covid-19. Nas últimas 24 horas foram cinco óbitos pela doença em Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema e Camboriú.

As duas vítimas fatais de Itajaí são um homem de 66 anos e uma mulher de 54 anos. Os dois tinham registro de comorbidades e morreram no hospital Marieta Konder Bornhausen. Itajaí chegou a 200 mortes causadas pelo vírus.

Itajaí registrou também mais 92 infectados pela doença, chegando a 10.700 casos confirmados de covid. Do total, 9194 pessoas já se recuperaram e 1306 estão com o vírus ativo, com 41 internados e 1265 em isolamento domiciliar.

Balneário tem 115 mortes

A nova morte de Balneário Camboriú é a de uma mulher de 53 anos, com comorbidades, que estava internada desde o dia 20 de novembro no hospital Marieta Konder Bornhausen. Com isso, sobe para 115 o número de mortes em Balneário. Ontem, foram mais 143 positivados para a doença. São 10.731 casos da doença desde o início da pandemia. São 9335 recuperados e 1281 pessoas que permanecem em tratamento, com 241 isolados em casa e 40 internados em hospitais da região.

59 mortes em Camboriú

Uma mulher de 59 anos, moradora do centro de Camboriú, foi a vítima fatal  de ontem. Ela estava internada no hospital do Coração e tinha o registro de comorbidades. A cidade soma 59 óbitos desde o início da pandemia.

O município somou mais 69 novos casos positivos de covid, chegando a 4896 pacientes positivos. São 4415 curados e 422 pessoas em tratamento, sendo que 406 estão em isolamento domiciliar e 16 internadas.

Itapema teve 80 mortes

A vítima fatal da covid em Itapema é um idoso de 78 anos, que estava internado no hospital Marieta. Ele tem registro de comorbidades. Com a morte dele, Itapema chegou a 80 óbitos causados pela doença desde o início da pandemia.

A cidade ainda tem 5352 confirmados, com 4901 curados. São 354 pessoas em isolamento em casa, oito internados na UTI e nove no isolamento.

Aprovada lei que autoriza aulas presenciais

Foi aprovado ontem no plenário da Alesc o projeto de lei que prevê aulas presenciais em Santa Catarina, independente da matriz de risco de contágio de coronavírus. Com isso, até mesmo regiões consideradas em risco gravíssimo (vermelho) poderão ter aulas. O projeto segue agora para sanção ou veto do governador do estado.

O texto foi proposto como emenda pelo deputado Bruno Souza (Novo) a um projeto de autoria do deputado Coronel Mocellin (PSL). O projeto classifica a educação como atividade essencial durante o período de calamidade pública de covid-19 e prevê que a abertura das instituições de ensino “não precisa cumprir critérios e explicações técnicas como outras atividades consideradas essenciais”.

A medida é válida para educação infantil, fundamental, médio, EJA, ensino superior, de nível municipal, estadual ou federal, público ou privado. O texto aponta que pais ou responsáveis pelos alunos podem optar por mantê-los na educação à distância se essa opção estiver disponível na unidade de ensino.

O que fica proibido:

Com o risco gravíssima à pandemia, a portaria 592 do governo do estado de Santa Catarina, define o que não pode funcionar. Estão  suspensos:

1 - Acesso de público a competições esportivas públicas ou privadas, oficiais ou não;

2 - Cinemas, teatros, casas noturnas, museus, assim como eventos, shows e espetáculos que acarretem reunião de público;

3 - Aulas presenciais nas unidades das redes pública e privada de ensino, municipal, estadual e federal, relacionadas à educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de jovens e adultos (EJA) e ensino técnico;

4 - Concentração e permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praias e praças, com exceção da prática de esportes individuais;

5 – Conferências públicas ou privadas que acarretem aglomeração de pessoas, com exceção de missas e cultos religiosos;

6 – Funcionamento dos serviços públicos municipais, estaduais e federais que não puderem ser prestados de forma remota, com exceção dos serviços essenciais.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.55.22

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 15/09/2021

Publicado 15/09/2021 20:10



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Irmão Maier chegou

A bordo do esporte

Vela mundial perde o diretor de regatas Jack Loyd

Blog Doutor Multas

Multa por dirigir embriagado: entenda como é

Blog do Ton

Siberiano Drink Club

Blog da Ale Francoise

Você conhece os benefícios do cravo?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

Jorginho Mello

“Eu tenho o compromisso do presidente: se eu for disputar a eleição para governador, tenho o apoio dele”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯