Matérias | Polícia


Tartarugas, baleias e golfinhos mortos em Penha

Casos dos últimos dias mobilizaram a equipe de monitoramento da Univali

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

As praias de Penha viraram cemitério de animais marinhos que apareceram mortos nos últimos dias. O projeto de monitoramento de praias da Univali atendeu casos de tartarugas, uma baleia jubarte já em estado de decomposição e um golfinho-nariz-de-garrafa.


Na última sexta-feira, duas tartarugas apareceram mortas na areia da praia Alegre. Moradores que encontraram os animais acusam os pescadores pela mortandade, pois as tartarugas tinham machucados ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Na última sexta-feira, duas tartarugas apareceram mortas na areia da praia Alegre. Moradores que encontraram os animais acusam os pescadores pela mortandade, pois as tartarugas tinham machucados que seriam decorrentes de redes de pesca ilegais.

Continua depois da publicidade



É comum que os animais fiquem presos nas malhas e não consigam se desvencilhar. O uso de redes ilegais pode ser denunciado ao Ibama ou polícia Ambiental. De acordo com o projeto de monitoramento, a captura acidental em redes de pesca irregulares se tornou uma das principais ameaças à biodiversidade marinha.

Animais como as tartarugas, golfinhos e as aves marinhas precisam retornar à superfície da água para respirar mas, quando isso não acontece, o animal morre por afogamento ou asfixia. O lixo marinho é outro fator pra mortandade. Resíduos plásticos em rios e nos mares acabam sendo engolidos por animais marinhos que confundem os materiais com alimento.

Baleia de 10 toneladas

Também na praia Alegre, em Penha, uma baleia jubarte encalhou já morta na terça-feira passada. Era uma fêmea em idade juvenil com nove metros comprimento, 10 toneladas e em avançado estado de decomposição. Devido ao estado do corpo, não foi possível o exame de necropsia pra identificar a causa da morte.

Continua depois da publicidade



A equipe da Univali fez a coleta de amostras pra estudos. A carcaça da baleia foi retirada da areia pelas máquinas da secretaria de Obras de Penha e levada pro aterro sanitário. De acordo com o pesquisador Milton Marcondes, do projeto Baleia Jubarte, 68 baleias da espécie encalharam no litoral brasileiro neste ano, sendo cinco casos nas praias catarinenses.

As jubartes que passam pelo litoral do estado migram anualmente no período do verão, viajando até o nordeste onde passam a fase reprodutiva. Uma jubarte adulta pode medir entre 11 a 19 metros e pesar cerca de 35 toneladas.

Golfinho apareceu morto

Ainda na semana passada, um golfinho-nariz-de-garrafa apareceu morto na praia da Saudade. Era um macho adulto de 2,35 metros de comprimento e 248 quilos, segundo os registros da equipe da Univali.

Os técnicos informaram que o golfinho tinha marcas naturais ao longo do corpo, que seriam do contato com outros animais. O animal foi recolhido e levado pra a unidade de Estabilização de Animais Marinhos, onde seria feita a necropsia pra tentar apurar a causa da morte e a condição de saúde do golfinho. O animal também foi encontrado em avançado estágio de decomposição, o que dificulta resultados conclusivos nos exames.

As pessoas que encontrarem um animal marinho vivo ou morto nas praias da região podem chamar a equipe da Univali pelo 0800 642 3341, diariamente das 8h30 às 17h30. A ligação é gratuita.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.254.246

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/09/2021

Publicado 23/09/2021 20:50



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Linguagem neutra

A bordo do esporte

Fãs disputam em leilão itens históricos e raridades da Stock Car para Instituto Ingo Hoffmann

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯