Matérias | Polícia


Teve a casa e o carro arrombados pela ex

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O fotógrafo H.M., 26 anos, não imaginou que um namorico de 20 dias fosse lhe render tanta dor de cabeça. Ele teve um flerte com  G.B., que é acusada de fazer a limpa na casa do ex e ainda dar um baita prejuízo.


Ele afirma que G. furtou seus equipamentos de trabalho e colocou uma TV da sua casa pra revender na internet. Com a ajuda de um amigo, o rapaz montou uma armadilha e negociou a compra da própria TV numa live. Ele denunciou ao vivo a sacanagem da ex.

Continua depois da publicidade



H. conta que estava ficando com a garota e que inclusive ganhou uma aliança de compromisso no mesmo dia que ela teria arrombado e furtado a casa, no bairro Meia Praia, em Navegantes. O furto aconteceu no dia 13 de novembro.

Ele conta que trabalha com filmagens e fotografias e tem o equipamento sempre no carro. H. estava fazendo um trabalho na praia Brava, em Itajaí, quando deixou o carro estacionado e a guria apareceu. Ela teria quebrado a janela e furtado os equipamentos.

Ele garante que foi atrás da guria e conseguiu recuperar as câmeras. “Chamei a polícia, mas me mandaram vazar”, conta H. No mesmo dia, G. foi na casa onde o ex mora, na Meia Praia, em Navegantes, e furtou a TV, documentos, power bank, entre outros objetos de valor. “Passou uns dias, ela colocou a TV à venda na internet. Um amigo negociou e resolvemos ir pegar a TV, onde fiz a live mostrando todo o ocorrido”,  conta.

H. diz que pegou a TV e saiu correndo, porque ela começou a bater nele. “Muitas pessoas falaram porque eu não chamei a polícia... Quando eu chamei, e ela estava indo embora com meus equipamentos fotográficos, a polícia não resolveu nada e mandou eu vazar. Logo em seguida, ela ainda roubou minha casa”, lamenta.

Continua depois da publicidade



Medida protetiva

H. registrou o boletim de ocorrência na delegacia tanto do furto como pelos arrombamentos.  O fotógrafo também contratou um advogado porque, segundo ele, G. registrou um boletim de ocorrência e entrou com uma medida protetiva contra o fotógrafo. “Meu advogado está tentando reverter. Eu trabalho com eventos e ela está frequentando os locais sempre. Há 110 BOs contra ela”, acusa.

Além de se incomodar, o fotógrafo diz que não recuperou dois cocares e alguns equipamentos eletrônicos. H. disse que com o perrengue ficou a lição: “Melhor procurar saber mais da vida da pessoa antes de se envolver, de levar para a casa ou de frequentar a casa da pessoa,”  aconselha.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.235.179.111

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 27/10/2021

Publicado 27/10/2021 19:56



Especiais

Efeitos colaterais da pandemia

Outubro Rosa tem a missão de resgatar pacientes que não fizeram os exames preventivos em 2020

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui



Blogs

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW

Blog do JC

Naatz defende manutenção da administração pública do porto de Itajaí

A bordo do esporte

Brasileiros aprovam desempenho no Mundial de Formula Kite

Blog da Ale Francoise

Magnésio e suas funções!

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Blog Doutor Multas

Como comprar o melhor carro dentro de seu orçamento

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯