Matérias | Geral


Criança com corte na língua não pode levar pontos no Ruth Cardoso

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O corretor de imóveis Fabrício Estigarribia, 27 anos, vive um drama com o filho de dois anos e nove meses desde à noite de domingo. A criança teve uma queda em casa, em cima de uma mesa de vidro. A mesa quebrou e a criança machucou a boca e a língua com um corte profundo. Desesperado, o pai levou o filho para o pronto atendimento da Barra, em Balneário. “A língua estava muito feia, ficou pendurada e eles nos transfeririam pro Ruth Cardoso”, conta. No Ruth Cardoso, após esperar duas horas e meia, o médico cirurgião disse que não iria fazer os pontos. A criança precisaria ser levada pro hospital Pequeno Anjo, onde há um centro cirúrgico. Fabrício diz que a esposa quis esperar a transferência do lado de fora do hospital porque o Ruth Cardoso estava lotado e ela queria evitar a aglomeração e reduzir as possibilidades de infecção pela covid-19. “Tinha criança por todos os lados, sem máscaras, doentes, nos corredores... Ficamos na frente do hospital, quando chegou o funcionário da prefeitura para fazer a transferência. Ele disse que iam dois pacientes no mesmo carro. Um carro lotado, com seis pessoas, no meio da pandemia?!”, questionou. O pai disse que levaria o filho e a esposa no carro particular até o Pequeno Anjo, em Itajaí. “O funcionário da prefeitura começou a fazer gestos, me mandou à merda e foi pra cima de mim e da minha sogra. Ele me ameaçou e falou um monte de coisas. Nos insultou, porque ele queria compartilhar o carro em meio a uma pandemia”, desabafa. Parte do bate-boca foi gravado pela família. O pai levou a criança pro Pequeno Anjo, onde o procedimento foi feito. Segundo ele, o médico teria falado que o Ruth Cardoso recebe mais verbas públicas e não resolve nem coisas simples. “Ficamos seis horas esperando, meu filho gritando de dor, não fizeram o raio-x e se negaram a fazer o atendimento, alegando que teria que ser um especialista pra essa cirurgia. No Pequeno Anjo deram anestesia e um cirurgião geral deu os pontos. Ele levou 15 pontos”, contou. Essa não teria sido a primeira vez que o funcionário da prefeitura discute com um paciente. “A estrutura do Ruth Cardoso está destruída, o hospital está destruído, os funcionários estão se negando a prestar atendimento”, lamentou o pai. Fabrício diz que o filho continua com dores e que decidiu buscar uma consulta e exames particulares. “Porque não tivemos suporte adequado do SUS”, critica. Procedimento tinha que ser no Pequeno Anjo A secretaria de Saúde de BC informou que não o procedimento não era uma sutura e sim uma pequena cirurgia, sendo necessário anestesista e uma sala específica. O Ruth Cardoso não realiza cirurgia pediátrica e a referência para casos como esse é o Pequeno Anjo. A respeito do transporte, na data e horário do fato, a ambulância estava sendo usada para atendimento de um caso grave, sendo disponibilizado um motorista da secretaria, que já faz esse tipo de traslado aos pacientes pediátricos, tendo a família se negado a embarcar no veículo. A conduta do motorista está sendo apurada pela secretaria Municipal de Saúde.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





35.172.217.174

Últimas notícias

Brasil

Auxílio emergencial deve ser prorrogado

BALNEÁRIO

Moradores da Praia dos Amores podem sofrer com falta de água

Tráfico de drogas

Acusados de matar mulher são indiciados em Barra Velha

BR 101

Polícia recupera carro alugado e não devolvido

ILHOTA

Casa é invadida e tem televisão furtada

Balneário Camboriú

Projeto de incentivo à inovação é levado à câmara de Vereadores

CISNE BRANCO

Veleiro da marinha do Brasil bate em ponte durante travessia no Equador

BALNEÁRIO

Alunos produzem sabonete líquido para doar à comunidade carente

Voleibol brasileiro

Final da supercopa de vôlei feminino foi na Arena Brusque

Saúde da Mulher

Itajaí dispõe de novo método contraceptivo através do SUS



Colunistas

Coluna do Janio

Vitória merecida

Coluna Esplanada

Guedes foge do relatório

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

JotaCê

Vendedor de sofrimentos

Canal 1

Volta da Record ao futebol de São Paulo é, também, uma volta na história

Clique diário

Olhar apurado

Coluna Adjori SC

"O agro vive um momento muito bom"

Coluna Exitus na Política

Conversar para negar

Coluna do Ton

Decoração

Na Rede

Na Rede

Via Streaming

Terror em universos paralelos

Instituto Ion | Informando e Inovando

“Inovação e inova ação”

Espaço InovAmfri

*Salto de competitividade a partir da EPT*

Coluna Fato&Comentário

Praça Vidal Ramos ou Largo da Matriz Velha

Artigos

Um tributo à verdade

Coluna Tema Livre

A necessidade da 3º via para presidente do país

Jackie Rosa

Delicinhas tentadoras

Coluna do Frei Betto

Adeus às cartas



TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

PODCAST | Bom dia, DIARINHO

Publicado 19/10/2021 11:34



Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Blogs

Blog do JC

Baita apoio

Blog da Jackie

Balneário Fashion Best Summer

A bordo do esporte

Brasileiros aprovam desempenho no Mundial de Formula Kite

Blog da Ale Francoise

Magnésio e suas funções!

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Blog Doutor Multas

Como comprar o melhor carro dentro de seu orçamento

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯