Matérias | Esporte


Itajaí

Seleção brazuca encara a Romênia hoje

Já classificado pras oitavas de final, o Brasil volta a quadra, às 19h30, no ginásio do Ibirapuera

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Após conseguir uma vitória histórica contra a França na terça-feira, a seleção brazuca volta pra quadra hoje pelo campeonato Mundial Feminino de Handebol. Já classificado pras oitavas de final, o Brasil encara a Romênia, às 19h30, no ginásio do Ibirapuera, em Sampa. O jogo é válido pela penúltima rodada do grupo C da primeira fase da competição.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O Brasil lidera o grupo C com seis pontos, um a mais que as adversárias de hoje. Na terceira colocação vem a França com quatro pontos, seguida por Tunísia (dois), Japão (um) e Cuba, que não pontuou. O Mundial é disputado por 24 seleções divididas em quatro grupos de seis equipes. As quatro primeiras colocadas de cada grupo passam pras oitavas de final. Ontem todas as seleções do grupo C ganharam folga.

Continua depois da publicidade



A seleção estreou com vitória contra Cuba por 37 a 21. Na segunda rodada, as minas bateram o Japão por 32 a 24 e na última rodada passou pela França, com vitória histórica por 26 a 22. Na última rodada da primeira fase o Brasil encara a Tunísia.

Destaque da Santa & Bela

Uma catarina foi o destaque do Brasil na virada histórica de terça-feira contra a atual vice-campeã, França. A veterana goleira Chana, 32 anos, fez milagres na meta brazuca, inclusive defendeu um sete metros a três minutos do fim, e foi fundamental pra vitória do Brasil por 26 a 22, depois de terminar o primeiro tempo perdendo por 17 a 10. Chana nasceu em Capinzal, no Oeste da Santa & Bela, tá jogando no Randers, da Dinamarca, e foi eleita a melhor em quadra. “Gritei e vibrei muito a cada defesa. Preciso ser assim, vibrante. Esse foi o jogo mais importante para mim até hoje em um campeonato Mundial. Foi maravilhoso ganhar de uma favorita como a França. Isso nos dá muita moral e mostra que queremos ir muito além do sétimo lugar conquistado em 2005 [na Rússia, melhor colocação do Brasil na história dos mundiais]”, destacou Chana. “Mas precisamos ser realistas. Não podemos errar como no primeiro tempo, ficando sete gols atrás. Só buscamos a diferença porque somos brasileiras e acredi-tamos no impossível”, completou.

Outras duas atletas representam as catarinas na seleção: Duda, da Terra dos Alemóns, que tá jogando no Györi Audieto da Hungria, e Jéssica, que é de Sampa, mas tá jogando no Blumenau.

Continua depois da publicidade




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.226.76.98

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 22/04/2021

Publicado 22/04/2021 22:04



Blogs

A bordo do esporte

The Ocean Race anuncia nova iniciativa sobre a mudança climática

Blog da Jackie

Novidadeiras

Blog do JC

Aditivo

Blog da Ale Francoise

Fortificante Natural de Uva!

Blog Clique Diário

Primeira Foto do voo inaugural do helicóptero Ingenuity Mars da NASA

Blog Doutor Multas

CNH Bloqueada? Veja o que fazer para regularizar

Blog do Ton

Terrazza Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

Fabrício Oliveira

"Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯