Matérias | Política


Itajaí

Bagrão advoga mesmo estando impedido

Denúncia de que o coordenador da Moralidade Administrativa continua advogando já foi protocolada na ordem dos dotores

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Márcio Sagaz (PPS) é o coordenador da Moralidade Administrativa da prefa de Itajaí. Cabe a ele identificar irregularidades e ilegalidades e depois contar pro prefeito. Mas, e se quem estiver fora da lei for o próprio bagrão? Pois é. Ontem foi protocolada uma denúncia na subseção peixeira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A justificativa é que o estatuto dos dotores proíbe que alguém advogue enquanto trampa num cargo de chefia na administração pública. Além disso, a lei municipal que regulamenta o cargo de Márcio também impede que o coordenador da Moralidade exerça qualquer outra profissão. No entanto, ele continua advogando.


 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O funcionário público Francisco Eduardo Johannsen ouviu comentários de que Márcio estava irregular. Foi atrás de informações. “Analisei o código de ética e o estatuto da OAB, conversei com alguns advogados e vi que ele deveria estar impedido de exercer as duas funções”, conta Francisco. Foi ele quem, ontem à tarde, protocolou a denúncia na OAB peixeira – e também na ouvidoria e na seccional da Santa & Bela. “Ele até participou de audiência em horário de expediente. Então, só o que eu pedi é que a OAB tome providências. As penas vão desde a advertência até a cassação do registro, conforme prevê o estatuto”, ressalta.

No papéli que Francisco protocolou na Ordem, além do trecho do estatuto, ele também usou a legislação municipal como argumento. “Na lei complementar número 56 consta que o coordenador da Moralidade Administrativa não pode conciliar a função com nenhuma outra profissão”, destaca. O denunciante diz que apelou pra OAB porque não acredita que a prefa vá fazer algo em relação ao caso. “A própria prefeitura deveria tomar uma atitude, mas a pessoa que deveria fazer isso é justamente quem comete a irregularidade. Aí fica difícil”, lamenta.

Não tá nem aí!

A reportagem tentou, durante toda a tarde, conversar com o chefão da OAB peixeira, Ricardo Izidoro Koch. Ele não atendeu. No entanto, Márcio diz que tá tranquilo e que já falou com Ricardo sobre o caso. “Acabei de receber o presidente da OAB pra tratar de um outro assunto e já adiantei a história pra ele, que me disse que não tem impedimento. Então, nada me preocupa”, confia o bagrão da Moralidade. Ele diz que, quando se dispôs a ocupar um cargo público, já sabia que estaria sujeito a perseguições políticas.

“Eu já solicitei exoneração de outros colegas que estavam advogando. Mas, no meu entendimento, eu só não posso sair durante o horário de trabalho. E isso não acontece. Existem limitações e eu respeito”, garante Márcio. E parou por aí. Ele explicou que só não poderia conversar por mais tempo com o DIARINHO porque no fim de ano o trampo é corrido e que tava cheio de projetos e convênios que precisavam ser enviados pro legislativo.

Apesar de Márcio jurar de pés juntos que não advoga no horário do expediente na prefa, o denunciante desmente. No papéli que protocolou na OAB, Francisco enumera ações judiciais – disponíveis no portal do Tribunal de Justiça – em que o dotô aparece como advogado. Numa ação penal mais recente (033.10.002326-9), o bagrão teria participado de uma audiência no dia 17 de outubro, que começou às 13h30. No documento entregue pra ordem dos dotores, o denunciante ainda especifica outros oito casos em que Márcio atuou como advogado.

Prefeito diz que não sabia

Jandir Bellini (PP) disse que recebeu um e-mail ontem à tarde informando da denúncia contra Márcio Sagaz. Ele admite que não tem como acompanhar a vida de cada funcionário público, por isso nem sabe dizer se realmente o bagrão da Moralidade Administrativa continua advogando. O chefão da prefa afirma que confia no bom senso de Márcio e que cabe ao coordenador se defender. Mesmo assim, promete ficar atento. “Se for cabível, ele vai ter que decidir: ou advoga ou continua no cargo. Mas não cabe a mim investigar”, dispara o prefeito, se isentando de qualquer responsa neste perrengue.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.10.166

Últimas notícias

Bairro São Vicente

Restaurante que furou lockdown é interditado 

Centro de Itajaí

Rua Pedro Ferreira tem trânsito interrompido a partir de segunda

Ação judicial

Estado tem 24 horas pra transferir pacientes que aguardam leitos no oeste

Atendimento nos bairros

Itajaí monta postos para pacientes com sintomas de covid

Visita de Eduardo Bolsonaro

Polícia Militar apaga post com fotos de cerimônia sem o uso de máscaras

Pandemia

Lages anuncia lockdown de uma semana

Navegantes

Bombeiros resgatam mulher desorientada na praia 

Pandemia

SC confirma mais sete casos da variante brasileira da covid

ACIDENTE

Casal que teve moto arrastada por caminhão continua  internado

Acidente

Caminhão arrasta moto por 30 quilômetros na BR 101





Colunistas

Coluna do JC

Base

Coluna do Ton

Bem-vindos!

Canal 1

Personagens da nova “Pantanal” serão um pouco mais jovens

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dica: “Adoráveis Mulheres”

Coluna Adjori SC

Com avanço da Covid, sistema de saúde chega ao limite da capacidade

Coluna Fato&Comentário

Itajaí (também) precisava da BR-59

Coluna Esplanada

Turbulência à vista

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna do Janio

Jogo adiado em Joinville

Coluna Exitus na Política

O reino de Marte

Clique diário

Ilha das Cabras

Jackie Rosa

Eleição no Iate

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão





TV DIARINHO


Entrevistão com Fabricio de Oliveira - Pref de Balneário Camboriú



Podcast

Presidente da Unimed Litoral comunica que hospital não tem mais leitos de UTI

Publicado 06/03/2021 20:50



Blogs

Blog Doutor Multas

Multas da PRF: quais são elas e o que fazer para recorrer? [2021]

Blog Clique Diário

O poder do amanhecer - Vídeo

A bordo do esporte

Jorge Zarif recebe barcos para disputa de Tóquio 2021

Blog do JC

Bagrão da Casa Civil, nega lockdown semanal

Blog da Ale Francoise

Folha de louro e seus benefícios

Blog da Jackie

Coluna do impresso



Entrevistão

Balneário

'Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯