Matérias | Geral


Itajaí

Interditado o acesso às praias pela ponte da Fazenda

Ponte sobre o ribeirão Schneider teria cedido cerca de 20 cm e otoridades proibiram tráfego de veículos com mais de duas toneladas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Desde ontem de manhã, o tráfego na ponte da alameda Ernesto Schneider, na Fazenda, em Itajaí, está sendo controlado pela Codetran. Os caminhões que pesam mais de duas toneladas estão proibidos de passar pela ponte, pois ela está cheia de rachaduras na estrutura. O local está sendo monitorado por engenheiros da secretaria de Obras e na segunda-feira será colocada uma viga de suporte pra ela não cair. A Codetran já fez até uma rota alternativa pra veículos pesados, e também pra quem não quer se arriscar na ponte detonada.

 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Pra quem passa no local, as rachaduras são visíveis no parapeito da ponte. Emilaine da Rosa, 23 anos, que mora ali pertinho, reclama que a ponte ficou assim por causa dos brutos carregados de terra que passam pelo local, vindos do parque da Atalaia. “Caminhões cheios de barro, bem pesados, passam por aqui todos os dias. É isso que está levando a ponte para baixo. Antes não existia nada disso. Depois que começou o tráfego com esses caminhões com muito barro por cima, cinco, 10 vezes por dia, a ponte começou a ceder”, desabafa a moradora.

O engenheiro civil da secretaria de Obras, Rogério Rocha, esteve no local ontem de manhã, acredita que o tráfego de caminhões pesados deve ter acelerado o processo de rachaduras. “A ponte já estava sendo vistoriada pela prefeitura uma vez por semana. O peso e a frequência com que os caminhões passam provavelmente aceleraram o processo de deterioração da ponte, que é bem antiga e precisa de reparos. Mas, aparentemente, não há risco de desabamento iminente”, palpita o sabichão. Segundo ele, a ponte já cedeu cerca de 20 centímetros.

Nova ponte vem aí

Após se reunir com o secretário de Obras, Tarcízio Zanelato, o prefeito Jandir Bellini avisou que, na próxima segunda-feira, uma equipe da prefa irá colocar uma viga pra reforçar a estrutura da ponte. “Avaliamos o laudo feito pela Defesa Civil e secretaria de Obras, e optamos por colocar uma viga de concreto para escorar a ponte. Mas, a partir de agora, os técnicos vão avaliar todos os dias se a ponte continua cedendo”, diz o mandachuva, que também adianta que a prefa já tem um projeto pra uma nova ponte no local, que custará R$ 500 mil. “Vamos lançar o edital na próxima semana. A ponte será pré-moldada e isso vai agilizar o processo de construção, que deve demorar um mês, no máximo”, garante Bellini.

Rota alternativa

Quem quiser evitar de passar pela ponte capenga basta seguir os conselhos da Codetran. “Estamos orientando os motoristas que querem ter acesso às praias da Atalaia ou Cabeçudas que usem a avenida Sete de Setembro, retornem após o posto de gasolina pra rua Florianópolis, e sigam pela rua Gumercindo Rocha até a avenida deputado Francisco Evaristo Canziani”, ensina o coordenador da Codetran, José Alvercino Ferreira.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.238.36.32

Últimas notícias

PORTO DE ITAJAÍ

Comissão da câmara levanta esclarecimentos e sugestões sobre a privatização 

Geral

Justiça sem atendimento presencial

Pandemia

Colapso nas UTIs avança para todas as regiões

Covid-19

Itajaí quer comprar vacina da Pfizer

Handebol

Brasil convoca 20 jogadores para o pré-olímpico

brasileiro

Flamengo e Inter lutam pelo caneco

perdeu pro brusque

Marcílio estreia com derrota

CENTRO LOGÍSTICO

FedEx Express abre unidade em Itajaí

praia BRAVA

Começou a reurbanização da avenida Delfim de Pádua

decreto estadual

Novas restrições pra frear a covid





Colunistas

Coluna Esplanada

Dedo na tomada

Coluna do JC

Porto

Clique diário

Praia de Cabeçudas, em Itajaí

Canal 1

Netflix e Amazon buscam pontos de apoio na TV aberta

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna do Frei Betto

Guardar silêncio

Coluna Exitus na Política

A culpa é do mordomo

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dupla dinâmica: mãe e filha

Coluna Fato&Comentário

Praia Brava e o Centenário

Jackie Rosa

“Foi bom te ver outra vez, tá fazendo um ano, foi no carnaval que passou...”

Coluna Existir e Resistir

Militância de internet

Coluna do Janio

Começou 2021 para o Marinheiro!

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão



Blogs

Blog do JC

Academia de Letras da Dubai brasileira

Blog Clique Diário

TBT - Lembrança boa

A bordo do esporte

Mercedes-EQ Formula E Team leva carro elétrico à cidade inteligente

Blog da Ale Francoise

Você conhece o ILIB?

Blog da Jackie

Coluna do impresso

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: entenda como funciona!



Entrevistão

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)

Itajaí

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Porto Belo





TV DIARINHO


Confira os destaques dessa quarta-feira



Podcast

Presidente do Sindifoz fala sobre o pedido de suspensão das aulas presenciais

Publicado 24/02/2021 20:59



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯