Matérias | Especial


Itajaí

Equipe do Fittipaldi leva o caneco

Rubinho Barrichello, maior campeão da prova, cruzou a linha na segunda colocação

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Eram 22h09 de sábado quando o piloto de Fórmula Indy Vitor Meira, guiando o kart número dois, cruzou a linha de chegada após 11h39m29s873 de prova na 15ª edição das 500 Milhas de Kart, a primeira em solo catarina. O resultado deu o título da prova pra equipe Fittipaldi no kartódromo Beto Carrero, na Capital do Marisco. Além de Meira, a equipe é formada por Christian Fittipaldi, Cesar Ramos, Roger Rieger, John Louis, Gabriel Dias e Giorgio Ramos.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Na segunda colocação, apenas 3,3 segundos atrás, veio a equipe Caras/Read Shoulders e o kart número 72 guiado pelo piloto de Fórmula 1, Rubens Barrichello, maior vencedor da prova com oito títulos. Completavam a equipe os pilotos Tony Kanaan, Rafael Suzuki, Carlos Barrichello e Augusto Farfus Jr.

Continua depois da publicidade



O terceiro lugar ficou com a equipe Quirino Racing, de Ricardo Zonta (ex-Fórmula 1), Julio Campos, Lucas Gohr, Felipe Tozzo, Enrique Bernoldi, Gabriel Casagrande e Gustavo Frigotto. Ainda completaram o pódio as equipes Bomix/MZ Racing, Spirit Sports e IMM/Viapol/ONS.

Péssimo finde pra Massa

Um dos mais assediados antes da prova foi o que teve um dos piores finde entre os competidores. Felipe Massa começou a disputa bem, com os melhores tempos na quinta-feira. Na sexta, sob chuva, seu kart não mandou bem e ele largou apenas na 16ª colocação. Mas o pior tava por vir. A corrida durou pouco pros dois karts de sua equipe, a Massa/Shell V-Power. O kart de número 91 só andou 412 voltas. Já o 19, guiado por Massa, teve que abandonar na volta 552. Ambos com problemas mecânicos.

Final eletrizante

Continua depois da publicidade



A largada foi dada precisamente às 10h30 com Rubens Barrichello e o kart 72 na pole. Já na primeira volta, Rubinho perdeu a ponta pro kart 14, da equipe Quirino Racing, mas o veterano voltou a assumir a dianteira na terceira volta. A equipe de Rubinho liderou quase toda a primeira metade da corrida.

Na segunda metade a primeira posição começou a se alternar até a equipe de Fittipaldi abrir vantagem na ponta. Faltando cerca de 40 voltas, Barrichello voltou pra pista (os pilotos se revezavam no kart) 13 segundos atrás do kart pilotado por Vitor Meira.

Com uma estratégia ousada, a equipe de Fittipaldi fez uma parada a menos e por isso teve que economizar combustível. Rubinho aproveitou pra meter o pé lá embaixo pra tentar voltar pra ponta. A vantagem de Meira foi diminuindo gradativamente, mas não o suficiente pra deixar a vitória escapar. Com 3,3 segundos de vantagem, o kart número dois da equipe Fittipaldi cruzou a linha de chegada na liderança.

“Parabéns à equipe do Fittipaldi, correu bem, fez uma boa estratégia. Mereceu a vitória”, comentou Rubinho. A equipe de Fittipaldi fez muita festa, ainda na pista e depois no pódio. “Mais emoção que isso não dá pra trazer pra uma corrida. Depois de 12h de prova só menos de quatro segundos de diferença entre um carro e outro, é fantástico”, comemorou Fittipaldi. “Eu acho que fazer uma parada a menos fez a diferença. Mas já tínhamos planejado isso desde o meio da semana”, completou.

Christian ainda estava de macacão, sequer tinha chegado divolta ao boxe da equipe, mas já estava com a cabeça em 2012. “Já tô ansioso pra ver como vai ser a segunda edição”.

O contrato entre o Parque Beto Carrero World e Felipe Giaffone, organizador da corrida, é de cinco anos. Mas as duas partes já falam em renovar o contrato depois desse período e manter a prova na Penha por muitos anos. “Também já confirmamos pro ano que vem uma etapa do campeonato brasileiro de kart e queremos trazer daqui a uns dois três anos o campeonato mundial de kart”, explica Giaffone.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DAS 10 PRIMEIRAS EQUIPES

1º) 2 - Fittipaldi (Fittipaldi, ), 700 voltas em 11:39:29.873 (média de 69.34 km/h)

2º) 72 - Caras/Head Shoulders (Caras , ), a 3.395

3º) 4 - Quirino Racing (Quirino , ), a 1 volta

4º) 15 - Bomix/MZ Racing (Bomix , ), a 2 voltas

5º) 13 - Spirit Sports (Spirit , ), a 2 voltas

6º) 60 - IMM/ VIAPOL/ NHJ (IMM , ), a 4 voltas

7º) 28 - CEL Motor Sport (CEL , ), a 6 voltas

8º) 35 - CKS/Bco Original/Empilog (CKS , ), a 7 voltas

9º) 77 - Hanier Especialidades (Hanier , ), a 8 voltas

10º) 1 - Fittipaldi (Fittipaldi , ), a 9 voltas


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 11/05/2021

Publicado 11/05/2021 22:10



Blogs

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog Doutor Multas

Modelo de recurso de multa online

Blog do JC

Salvo pela velha política?

A bordo do esporte

Inmarsat será pela sexta vez parceira de comunicações via satélite da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯