Matérias | Esporte


Itajaí

Bruno Fontes termina primeiras regatas do Mundial entre os melhores colocados

Ass duas primeiras regatas rolaram ontem em Perth, lá na Terra dos Cangurus

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O campeonato Mundial de Vela da classe Laser começou bem pro manezinho Bruno Fontes. Nesta segunda-feira rolaram as duas primeiras regatas em Perth, na Austrália, e o catarina ficou em oitavo e segundo lugar, respectivamente.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






A galera tá dividida em três grupos de 50 barcos até a sexta regata, quando termina a fase classificatória. Na primeira regata do dia Bruno não acertou a tática no início da prova, passando em 30º lugar na primeira boia. Mas com uma boa velocidade e boas escolhas, o brazuca foi sirrecuperando até terminar em 8º lugar. Na segunda regata Bruno e Pavlos Kontides, do Chipre, sidestacaram do pelotão disputando a liderança até os metros finais, onde o gringo levou a melhor. Com este resultados o brazuca está na décima colocação no geral, a quatro pontos do líder, o sueco Jesper Stalhelm.

Continua depois da publicidade



“Foi um excelente início de campeonato Mundial. Foram duas regatas difíceis e consegui fazer uma boa média. Estou tranquilo e confiante para buscar meu objetivo aqui na Austrália de classificar o Brasil para as Olimpíadas de Londres 2012”, destacou Bruno.

A competição rola com 11 regatas, onde as classificatórias acontecem até a 6ª regata, as finais da 6ª até 10ª regata e a grande final, a “Medal Race”. Hoje rolam a terceira e quarta regatas. Serão duas provas por dia até sábado, com exceção de sexta, onde a turma ganha uma folga. A medal race será no domingo.

A competição tá reunindo 150 velejadores de 78 países e vai definir cerca de 75% das vagas pros jogos Olímpicos de 2012, em Londres, na Inglaterra. Bruno Fontes faz parte da equipe Confederação Brasileira de Vela e é um dos três brazucas na classe laser.

O início da carreira

Continua depois da publicidade



Bruno Fontes iniciou na Classe Optimist aos oito anos de idade, em 1988, no Lagoa Iate Clube. Após três anos se transferiu pra o Iate Clube Veleiros da Ilha. Com 15 anos, após atingir o limite máximo na classe Optimist, começou a adquirir experiência em outras classes como Snipe, Pinguim e Laser.

Com garra e determinação, treina diariamente, visando mais títulos para Santa Catarina e seu patrocinador. Em 2005 concluiu o curso de Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina, tendo como objetivo atuar como gestor ambiental ou educador ambiental devido aos seus conhecimentos técnicos de engenheiro ambiental e práticos de iatista, “conhecedor da natureza”.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 11/05/2021

Publicado 11/05/2021 22:10



Blogs

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog Doutor Multas

Modelo de recurso de multa online

Blog do JC

Salvo pela velha política?

A bordo do esporte

Inmarsat será pela sexta vez parceira de comunicações via satélite da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯