Matérias | Reclamações


Itajaí

Dengo-dengo flagra lixarada nas areias da Meia Praia

Ele acredita que sujeirada foi lançada ao mar dum transatlântico que cruzou o mar da city no finde. Abobrão vai investigar origem do troço

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Uma caminhada do sindicalista Ademir de Jesus, 60 anos, pela Beira-mar de Navegantes rendeu um flagra de desrespeito ambiental. O dengo-dengo se exercitava no último domingo quando deu dicara com uma lixarada tropical espalhada pela areia: uma enorme variedade de frutas e flores. Com várias fotos do flagrante em mãos, Ademir quer saber qual órgão procurar pra oficializar a denúncia e o DIARINHO deu essa ajudinha pra ele.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Ao olhar pro mar, Ademir avistou o baita cruzeiro Imperatriz, que passou pela city no finde. O cara acredita que nojeirada foi lançada ao mar pelo transatlântico e trazida à orla pela correnteza, na região da Meia Praia, em frente à rótula da rua do aeroporto. “Tinha um monte de coisas, melancia, melão, chuchu estragado, maçã, manga... Uma coisa horrível’, conta.

Continua depois da publicidade



Entre os produtos atolados na faixa de areia, Ademir ainda relata que encontrou mercadoria requintada, como garrafas de champanhe. A esposa dele, relembra, chegou a cogitar a possibilidade da bagulhada ser proveniente de macumba, mas, segundo o cara, no ritual os alimentos não são consumidos, como os encontrados na praia. No dia seguinte ao flagra, Ademir afirma que os restos de rango ainda estavam no mesmo local.

O superintendente da fundação do Meio Ambiente de Navega (Fuman), Paulo Mafra, informou que Ademir pode procurar o departamento pra registrar o berreiro. A própria Fuman se responsabilizará pela procura aos culpados da barbaridade, o que não será uma tarefa fácil, adianta o abobrão. “Todo lixo que é jogado no mar acaba desembocando em Navegantes, por conta do rio Itajaí-açu. Por esse motivo, é difícil nós identificarmos de qual navio partiram os resíduos”, explica.

Quem fiscalizada é a Anvisa

Segundo informações repassadas pelo delegado da Capitania dos Portos em Itajaí, Fernando Anselmo Sampaio Mattos, os cruzeiros são autorizados a despejar oceano adentro apenas resíduos sólidos triturados e água utilizada pra higienização humana. Contudo, se aparecer comida inteira na praia, é a agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que entra em ação.

Continua depois da publicidade



Por meio de assessoria de imprensa, a agência informa que, se alguma empresa marítima for pega em descumprimento às determinações citadas pelo delegado Anselmo, serão aplicadas penalidades previstas na Lei 6437/ 77, que podem variar de notificação a multa de até R$ 1,5 milhão. Pra oficializar uma denúncia envolvendo transatlânticos e meio ambiente, o povão pode ligar também pra ouvidoria da Anvisa, no telefone 0800-642-9782.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

Últimas notícias

Balneário Camboriú

GM prende foragidos que aprontavam no trânsito

INVERNO

Rede Sustentável de Entidades promove Campanha do Agasalho em Penha

Camboriú, Penha e Bombinhas

Campanha Zera Dívida segue com descontos de até 70% na fatura de água

Flagra

Mercadorias para camelôs, avaliadas em R$ 50 milhões, são aprendidas

NAVEGANTES

Bandido é morto roubando o banco Sicoob

BALNEÁRIO

Clientes levam surra por esquecer de pagar dois chopes em bar

Quinta e domingo

Definidas as datas das finais do Paulistão

Balneário Camboriú 

PA da Barra volta a funcionar após reformas

Imbituba

Casal é preso com mais de 200 quilos de maconha

Morte no hotel  

MC Kevin teria tentado pular na piscina 



Colunistas

Coluna do JC

Show de horrores

Coluna Esplanada

Urna inauditável!?

Coluna Exitus na Política

Qual o nome que o nome tem?

Canal 1

“Salve-se Quem Puder,” gravada na pandemia, estreia hoje sua última fase

Coluna Animal Humano

Cidade que te quero verde

Via Streaming

“Mais Uma Rodada”

Coluna do Ton

Coluna do Ton

Clique diário

Cabeçudas

Coluna Fato&Comentário

CULTOS AFRICANOS EM ITAJAÍ: RESISTIR E SOBREVIVER

Espaço InovAmfri

Faça chuva ou faça sol

Coluna do Frei Betto

Resta-me humanidade?

Coluna Tema Livre

“Tudo Bandido”

Coluna do Janio

Semifinal marcada

Jackie Rosa

Às mamães com carinho

Na Rede

Na Rede

Coluna Existir e Resistir

Direito invisível

Artigos

Livros embarcados

Coluna Adjori SC

Economia de Santa Catarina inicia 2021 com confiança e expectativa em alta



TV DIARINHO


Entrevistão com Heli Schlickmann - Técnico Agrícola e Gestor ambiental



Podcast

Minuto DIARINHO 14/05/2021

Publicado 14/05/2021 20:29



Blogs

Blog do JC

Quer tudo?

A bordo do esporte

The Ocean Race e TIME firmam parceria

Blog Doutor Multas

Cadastro do Bom Motorista: o que é e como fazer o seu?

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯