Matérias | Geral


Itajaí

Avenida Sete fica embaixo d´água depois de toró

Segundo a Codetran, Itajaí registrou dois pontos de alagamentos: na Sete de Setembro e na Beira-rio

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A chuvarada que caiu em Itajaí e região ontem à tarde deixou estragos para comerciantes do bairro Fazenda, em Itajaí. A galera reclama que a avenida Sete de Setembro só começou a alagar desse jeito após a operação tapete preto passar por ali. Já a prefa se defende, alegando que o local só alagou porque a chuvarada caiu justamente em período de maré cheia. Os sabichões do tempo já avisam que o tempo de sol e chuva deve permanecer até domingo.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






“Tô quase comprando um barco pra andar na loja”. Esta é a frase do empresário Anderson de Souza, 26, após a pancada de chuva que caiu no meio da tarde de ontem. “Desde que aumentaram o asfalto da rua, as casas ficaram desniveladas. Sempre que chove um pouco mais forte, fica difícil até andar na loja. Já tentamos falar com responsáveis da prefeitura, mas ninguém resolve”, conta o dono da oficina Rio Motos, que fica na avenida Sete de Setembro.

Continua depois da publicidade



O coordenador da Codetran, José Alvercino Ferreira, alega que apenas dois pontos da cidade alagaram com a chuva de ontem, e que eles não têm nada a ver com o asfalto novo colocado nas ruas. Zé diz que só rolaram alagamentos por causa da maré cheia. “A cidade sempre teve pontos de alagamento. Com as obras da prefeitura, diminuíram. Ontem alagou na Fazenda e na avenida Beira-rio. O problema é que a chuva forte veio junto com a maré cheia, quando acontece isso, fica difícil não alagar”, lasca Zé, que agora também é entendido em meteorologia.

Apesar da chuva forte, a defesa Civil informou que não ocorreu nenhum deslizamento. “A chuva foi forte, mas rápida. Nesses casos, é pouco provável que ocorram deslizamentos. É mais comum quando a chuva é longa, pois há o encharcamento da terra”, explica o coordenador da defesa Civil, Everlei Pereira.

Vem mais água

É bom o povão ir se acostumando com o tempo doido. Segundo o coordenador do laboratório de climatologia da Univali, Sergey Alex de Araújo, pelo menos até domingo o tempo vai ser de sol e chuva – o popular casamento de viúva. “No verão, é normal essa instabilidade, que vem geralmente do Paraguai. Até o próximo domingo, devemos ter dias de sol e chuvas rápidas, como a de hoje [ontem]. A temperatura deve estar entre 19C° e 29°C, caindo no máximo 20mm de chuva”, aposta o sabichão.

Continua depois da publicidade



Morte em Floripa

A chuvarada que caiu ontem à tarde deixou uma vítima na Santa & Bela. Claudete Andrade Ferreira, 65 anos, estava em sua casa no morro da Mariquinha, em Floripa, quando rolou um deslizamento de terra e a baia dela foi soterrada. Além da casa de Claudete, o deslizamento atingiu outras 11 residências da rua Waldemiro Monquilhot. Todas as casas tavam vazias.

Pra evitar uma tragédia ainda maior, 10 casas foram interditadas e cerca de 30 pessoas serão alojadas em abrigos temporários. Segundo a defesa Civil, 10 carros também foram atingidos no desmoronamento, sendo que dois deles foram totalmente destruídos.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.226.76.98

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 22/04/2021

Publicado 22/04/2021 22:04



Blogs

A bordo do esporte

The Ocean Race anuncia nova iniciativa sobre a mudança climática

Blog da Jackie

Novidadeiras

Blog do JC

Aditivo

Blog da Ale Francoise

Fortificante Natural de Uva!

Blog Clique Diário

Primeira Foto do voo inaugural do helicóptero Ingenuity Mars da NASA

Blog Doutor Multas

CNH Bloqueada? Veja o que fazer para regularizar

Blog do Ton

Terrazza Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

Fabrício Oliveira

"Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯