Matérias | Polícia


Itajaí

Mosquito aparece enforcado na Palhoça

Blogueiro mais linguarudo da Santa & Bela teria se matado e foi encontrado por padre

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O jornalista e blogueiro Amilton Alexandre, o Mosquito, 52 anos, saiu de cena como sempre tocou sua vida: de forma polêmica. Ontem à tarde ele foi encontrado enforcado em sua casa, um sobradinho de esquina na avenida dos Maracanãs, no bairro Pedras Brancas, em Palhoça. “Tudo indica ser um suicídio, mas somente o laudo cadavérico vai apontar o que aconteceu”, disse ontem à noite ao DIARINHO o agente Gabriel Edwart Palma, da depê de Palhoça, ainda na casa do blogueiro. Mosquito era famoso por denunciar a corrupção política e colecionava um rol de processos por não ter papas na língua.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Foi o padre Elisandro Scarsi, que é de Itajaí e atua na grande Floripa, quem encontrou Mosquito. “Quando abri a porta, vi aquela cena. Fiquei paralisado. Parecia um filme de terror”, contou ele, numa conversa pelo MSN, com o professor de filosofia Nahor Lopes de Souza Júnior, 26, amigo íntimo do blogueiro. “Ele [o padre] me ligou no finalzinho da tarde e disse: ‘Eu tenho uma notícia triste. O teu amigo se matou’”, contou Nahor.

Continua depois da publicidade



Um lençol foi usado como corda para o enforcamento, informou o agente Gabriel. Mosquito estava pendurado na escada que dá acesso ao segundo piso da casa e ao lado do corpo havia uma cadeira caída. A cena indica um suicídio. Mas a equipe do delegado Attílio Guaspari Filho, que comanda a investigação do caso, prefere a prudência. “Vamos esperar o resultado da perícia e o laudo cadavérico”, fez questão de repetir o agente Gabriel.

Quando o padre Elisandro chegou na casa, no meio da tarde de ontem, encontrou a porta destrancada. Pelas condições do corpo, Mosquito teria morrido entre domingo e segunda-feira.

O mais comentado do Twitter

César Grubba, secretário de Segurança do governo do estado, determinou que uma equipe do setor de inteligência da polícia Civil acompanhasse o caso de perto, informou o colunista político Moacir Pereira, ontem à noite, em seu blog.

Continua depois da publicidade



O que também mostra a importância do bloqueiro foi a presença de seu nome no Twitter. Às 19h de ontem, a morte de Mosquito apareceu na nona posição entre os 10 assuntos mais comentados pelo microblog no Brasil. Não demorou muito pra que atingisse o topo. Ficou por lá, como o assunto mais twittado, entre 19h22 e pouco antes das 20h30.

Blogueiro tava deprê e tinha dado dicas do suicídio

O professor Nahor, de Itajaí, era um dos amigos mais íntimos de Mosquito. Foi ele quem, na sexta-feira da semana passada, pediu para o padre Elisandro visitar Mosquito. “Ele me ligou na sexta-feira dizendo que tava com depressão e queria se matar”, contou o professor. Mosquito teria dito até que já tinha preparado uma corda. “Por isso pedi pro padre Elisandro ir conversar com ele”, completou. O padre chegou a visitar o blogueiro na sexta-feira.

Nahor acredita que Mosquito tenha tirado a própria vida. “Há uns 15 dias fui a Florianópolis, saí com ele e ele tava mal. Se não fosse por isso, eu podia até acreditar em outra coisa”, comentou, referindo-se à um possível assassinato.

A última postagem de Mosquito em seu blog [www.tijoladas.info] foi às 17h06 de sexta. Foi uma despedida. “Tanta dedicação ao blog levou-me a um isolamento familiar, com oposição a minha atividade, problemas de saúde e outras dificuldades. Nas últimas semanas acusei o nocaute. Não tenho mais como enfrentar as ameaças e retaliações pelo que publico”, escreveu.

Mosquito foi um dos organizadores da Novembrada

Mosquito não era casado, morava sozinho e tinha uma filha. Vivia da parca renda dos anúncios do seu blog e de um ou outro serviço free lancer na área do jornalismo. Apesar de formado em administração, tinha registro de jornalista, afirma o amigo Nahor.

Sua vida sempre foi polêmica. Ele foi um dos organizadores da manifestação contra o presidente militar João Figueiredo, que rolou em 1979 e ficou conhecida como Novembrada. Acabou preso e enquadrado na lei de segurança nacional. Uma prévia que teve na juventude do que iria enfrentar pro resto da vida: processos e mais processos.

Polêmico, vivia denunciando políticos famosos, como o atual prefeito de Floripa, Dário Berger (PMDB), a quem literalmente chamou de corrupto. “Os ladrões do dinheiro público não têm medo do Judiciário, nem do Ministério Público, muito menos do Tribunal de (faz de) Contas. Mas vários deles tremeram com a lama que o Mosquito jogou no ventilador”, comentou ontem em sua página na internet o jornalista e colunista do DIARINHO César Valente (www.deolhonacapital.com.br).


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

Últimas notícias

Balneário Camboriú

GM prende foragidos que aprontavam no trânsito

INVERNO

Rede Sustentável de Entidades promove Campanha do Agasalho em Penha

Camboriú, Penha e Bombinhas

Campanha Zera Dívida segue com descontos de até 70% na fatura de água

Flagra

Mercadorias para camelôs, avaliadas em R$ 50 milhões, são aprendidas

NAVEGANTES

Bandido é morto roubando o banco Sicoob

BALNEÁRIO

Clientes levam surra por esquecer de pagar dois chopes em bar

Quinta e domingo

Definidas as datas das finais do Paulistão

Balneário Camboriú 

PA da Barra volta a funcionar após reformas

Imbituba

Casal é preso com mais de 200 quilos de maconha

Morte no hotel  

MC Kevin teria tentado pular na piscina 



Colunistas

Coluna do JC

Show de horrores

Coluna Esplanada

Urna inauditável!?

Coluna Exitus na Política

Qual o nome que o nome tem?

Canal 1

“Salve-se Quem Puder,” gravada na pandemia, estreia hoje sua última fase

Coluna Animal Humano

Cidade que te quero verde

Via Streaming

“Mais Uma Rodada”

Coluna do Ton

Coluna do Ton

Clique diário

Cabeçudas

Coluna Fato&Comentário

CULTOS AFRICANOS EM ITAJAÍ: RESISTIR E SOBREVIVER

Espaço InovAmfri

Faça chuva ou faça sol

Coluna do Frei Betto

Resta-me humanidade?

Coluna Tema Livre

“Tudo Bandido”

Coluna do Janio

Semifinal marcada

Jackie Rosa

Às mamães com carinho

Na Rede

Na Rede

Coluna Existir e Resistir

Direito invisível

Artigos

Livros embarcados

Coluna Adjori SC

Economia de Santa Catarina inicia 2021 com confiança e expectativa em alta



TV DIARINHO


Entrevistão com Heli Schlickmann - Técnico Agrícola e Gestor ambiental



Podcast

Minuto DIARINHO 14/05/2021

Publicado 14/05/2021 20:29



Blogs

Blog do JC

Quer tudo?

A bordo do esporte

The Ocean Race e TIME firmam parceria

Blog Doutor Multas

Cadastro do Bom Motorista: o que é e como fazer o seu?

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯