Matérias | Reclamações


Itajaí

Dona tá apavorada com falta de remédio pra hipertensão nas farmácias peixeiras

DIARINHO descobriu que pílula tá em falta em todo país e também os motivos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A aposentada Irma Xavier, 79 anos, tá preocupada com a falta do medicamento Sustrate em farmácias da região. A droga é usada por pessoas com problemas cardíacos. “Eu tô precisando desse remédio e não encontro em lugar nenhum. Já tomo há oito anos. Fui ao meu cardiologista e ele disse que não tem como substituir. Fui em tudo quanto é farmácia, mas acabou em todas. Se eu passar mal, posso morrer”, preocupa-se. O DIARINHO procurou o Sustrate em cinco farmácias da city peixeira, mas também não encontrou o remédio.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O medicamento é um vasodilatador de ação prolongada, e desapareceu não só em Itajaí, mas também no restante do país. O motivo pra isso foi a troca do laboratório que produzia o medicamento. Atual fabricante do remédio, a Farmoquímica explicou a situação por meio de assessoria de imprensa.

Continua depois da publicidade



O Bristol-Myers Squibb, antigo fabricante do Sustrate, desativou todas as atividades de fabricação no Brasil em 2010. A Farmoquímica adquiriu o direito sobre a marca e só teve a liberação da agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pra produzí-lo, a partir de 24 de outubro deste ano, quando iniciaram a compra da matéria-prima do produto.

Essa transição entre as empresas teria gerado a falta da droguinha milagreira das prateleiras. A Farmoquímica disse que o remédio já está sendo fabricado e distribuído novamente. Porém, a população, com medo de que o remédio acabe dinovo, tá comprando acima do normal a cada reposição.

A Farmoquímica, no entanto, garante que o povão não precisa correr às farmácias. O reabastecimento do Sustrate vai rolar até janeiro do próximo ano.

Antigo laboratório não respondeu

Continua depois da publicidade



A Anvisa afirmou não saber qual o culpado pela falta dos medicamentos. E garante que não pode exigir o abastecimento imediato dos remédios em farmácias. O prazo pra registro dum medicamento é de até 60 dias após a apresentação da documentação exigida pelas empresas.

A reportagem tentou entrar em contato com a empresa Bristol. Porém, nem no telefone 0800 eles estavam atendendo.

A assessoria de imprensa ficou de responder ao DIARINHO, mas até o fechamento desta edição ninguém retornou o contato.

Sustrate pode ser substituído por similares

O cardiologista Giovani César Stoes informou que a falta deste medicamento tem sido suprida por outros dois remédios da mesma classe. “O Sustrate dilata os vasos sanguíneos. Previne o enfarto. Então, até a volta deste remédio para o mercado, estamos indicando o Monocordil e o Isordil.

Mas ambos devem ser usados com atenção, já que causam a queda de pressão. Caso o paciente q sinta dores no peito, ele deve se sentar ou deitar, e pedir pra que alguém o leve até o hospital. “Esses remédios que indiquei são opções, mas claro que a utilização deles varia de acordo com cada caso. É preciso consultar seu médico”, explica o dotô.

 


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 11/05/2021

Publicado 11/05/2021 22:10



Blogs

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog Doutor Multas

Modelo de recurso de multa online

Blog do JC

Salvo pela velha política?

A bordo do esporte

Inmarsat será pela sexta vez parceira de comunicações via satélite da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯