Matérias | Reclamações


Itajaí

Zé da Codetran e motora se encrespam no trânsito peixeiro

Zé mandou cara parar, mas motora seguiu. Condutor afirma que Zé não sidentificou

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O corretor de imóveis Jocélio José Pereira, 56 anos, diz ter enfrentado um baita constrangimento por causa do chefão da coordenadoria de Trânsito e Transportes de Itajaí (Codetran), José Alvercino Ferreira. Jocélio tava pilotando uma motoca quando recebeu ordem de parada dum sujeito sem identificação no semáforo, ainda verde, da rua Benjamin Franklin Pereira, esquina com a rua Blumenau, no São João. O perrengue rolou no fim da tarde de quinta-feira.


 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Como Jocélio pensou ser um louco metido a policial, seguiu em frente.

Pra surpresa dele, iniciou-se uma estranha perseguição. O tal metido a policial, na verdade, era o Zé da Codetran. Vestido de calça jeans e camiseta polo, não passou pela cabeça de Jocélio que o homem que parou o trânsito às 17h de quinta seria uma autoridade de trânsito. “O sinal estava aberto, ele estacionou o [carro] Celta prata sem identificação na contramão e mandou parar. Eu passei direto”, conta.

Só foi Jocélio acelerar a motoca pra passar o sinal verde que o Zé da Codetran ligou uma sirene e tocou o pau pela rua Blumenau, numa perseguição mui louca. Jocélio contou ao DIARINHO que chegou a pensar que o camarada fosse um policial federal, pois berrava pra ele parar. Numa fechada brusca, o corretor foi encurralado. “Isso pra mim é um desrespeito. Ele tá perseguindo pessoas. Ele não tem poderes de policial pra fazer isso”, desabafa o corretor.

Contudo, mesmo a contragosto, Jocélio foi intimado pelo Zé a comparecer à Codetran. Lá, o chefão do trânsito peixeiro acusou o corretor de tê-lo xingado de filho da puta, acusação negada por Jocélio. “Se ele quiser ser um, que seja, mas eu não o chamei disso. Eu xinguei o motorista que quase bateu em mim porque o Zé parou de repente o trânsito que tava fluindo bem”, afirma o homi. Jocélio afirmou que não registrou BO pra não criar ainda mais dor de cabeça.

A explicação do Zé

Ao ser questionado pelo DIARINHO sobre o perrengue, o Zé desandou a falar: “Ele me mandou tomar no cu. Eu mandei ele parar e ele seguiu direto”, disparou. Sobre o uniforme de trabalho, o abobrão do trânsito lasca: “É claro que eu estava uniformizado. Eu passo o dia inteiro com a camiseta da Codetran. Isso é um absurdo”, finalizou.

Otoridades têm que se apresentar

O delegado Carlos Quilante explica que em situações de orientação de trânsito, os guardinhas devem estar uniformizados pra que o povão identifique quem tá mandando no pedaço. Contudo, em emergências, Quilante diz que qualquer pessoa comum pode interferir pra evitar que tragédias aconteçam.

“O motorista deveria ter observado: se alguém mandou parar é porque alguma coisa aconteceu”, comenta o delegado, revelando ainda que o desacato só é caracterizado a partir do momento que a autoridade de trânsito se identifica e ainda assim é ignorada pelo cidadão. Portanto, toda autoridade, seja ela policial ou guarda municipal, tem o dever de se identificar antes de tomar qualquer atitude que interfira diretamente no comportamento das pessoas, explica o delegado.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.10.166

Últimas notícias

Bairro São Vicente

Restaurante que furou lockdown é interditado 

Centro de Itajaí

Rua Pedro Ferreira tem trânsito interrompido a partir de segunda

Ação judicial

Estado tem 24 horas pra transferir pacientes que aguardam leitos no oeste

Atendimento nos bairros

Itajaí monta postos para pacientes com sintomas de covid

Visita de Eduardo Bolsonaro

Polícia Militar apaga post com fotos de cerimônia sem o uso de máscaras

Pandemia

Lages anuncia lockdown de uma semana

Navegantes

Bombeiros resgatam mulher desorientada na praia 

Pandemia

SC confirma mais sete casos da variante brasileira da covid

ACIDENTE

Casal que teve moto arrastada por caminhão continua  internado

Acidente

Caminhão arrasta moto por 30 quilômetros na BR 101





Colunistas

Coluna do JC

Base

Coluna do Ton

Bem-vindos!

Canal 1

Personagens da nova “Pantanal” serão um pouco mais jovens

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dica: “Adoráveis Mulheres”

Coluna Adjori SC

Com avanço da Covid, sistema de saúde chega ao limite da capacidade

Coluna Fato&Comentário

Itajaí (também) precisava da BR-59

Coluna Esplanada

Turbulência à vista

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna do Janio

Jogo adiado em Joinville

Coluna Exitus na Política

O reino de Marte

Clique diário

Ilha das Cabras

Jackie Rosa

Eleição no Iate

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão





TV DIARINHO


Entrevistão com Fabricio de Oliveira - Pref de Balneário Camboriú



Podcast

Presidente da Unimed Litoral comunica que hospital não tem mais leitos de UTI

Publicado 06/03/2021 20:50



Blogs

Blog Doutor Multas

Multas da PRF: quais são elas e o que fazer para recorrer? [2021]

Blog Clique Diário

O poder do amanhecer - Vídeo

A bordo do esporte

Jorge Zarif recebe barcos para disputa de Tóquio 2021

Blog do JC

Bagrão da Casa Civil, nega lockdown semanal

Blog da Ale Francoise

Folha de louro e seus benefícios

Blog da Jackie

Coluna do impresso



Entrevistão

Balneário

'Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯